Agora com novas técnicas de corte!

Pegue uma calça jeans e corte o entrepernas. O que sobra? Na grande maioiria das vezes, a parte mais interessante da peça!


Essa é apenas uma das “técnicas de corte” aplicadas pelas grandes marcas nas coleções. Barras desfiadas “confessam” essa lógica, deixando as peças com cara de “calça customizada”, mantendo os minicomprimentos lotados com muita informação de moda – idéia que tanto agrada ao público jeanswear.


Mas e se a parte mais interessante da peça for justamente o forro dos bolsos frontais? Neste caso, o “corte” pode ser ainda maior, e o minicomprimento vira pretexto para exibicionismos de acabamentos caprichosos que se comportam como informação de moda de vanguarda no lado externo da peça.


Além das barras desfiadas, propostas com misturas de materais estilo “tela piquet”, serigrafias com toque aplicadas sobre as peças prontas e principalmente barras enroladas com estampas diferenciadas ou martingales decorativos são as principais informações de moda apresentadas pelas grandes marcas nesta temporada de verão 2013.


Destaque também para construções de short com aparência de minissaia, dada por transpasse na vista frontal da peça – proposta apresentada pela marca Custo Barcelona.


Porém para cada regra existe uma exceção: por isso em algumas peças a lógica dos “cortes” se inverte tomando como alvo todo o excesso de informação de moda deixando a proposta dos shorts o mais básica possível. Nesse caso, o que sobra são experimentações de pespontos, lavagens e principalmente espaço para pernas bem torneadas em looks versáteis convidativos a sobreposições. Confira as imagens.


VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR