Agreste Tex leva palestras, novas tecnologias e experiências para Caruaru

Entre os dias 24 a 27 de março, a cidade de Caruaru, em Pernambuco, recebe a quinta edição da Agreste Tex. A feira de tecnologias para a indústria têxtil e de confecção chega com a promessa de levar à região o que existe de mais moderno para o setor, buscando superar os números alcançados em 2019.

Uma das novidades da Agreste Tex para 2020 é o aumento da capacidade da feira, que destacará mais de 300 marcas nacionais e internacionais. O presidente do Febratex Group, Hélvio Pompeo Madeira, conta que o evento trará para o evento pernambucano os últimos lançamentos em equipamentos e tecnologias utilizadas no setor, com cada vez mais qualidade e velocidade de produção.

“Nossos expositores trarão ainda equipamentos que estão revolucionando a indústria têxtil nacional, como grandes máquinas bordadeiras e de costura, além de tecnologias para o segmento jeanswear, que são utilizadas em todo o mundo”, destaca o executivo.

Algumas atrações já estão confirmadas na programação da quinta edição da Agreste Tex, como o Denim Eco Talks. Está agendado também um curso ministrado por Karine Liotino, doutora e mestre em engenharia de produção e sócia-fundadora da Etiqueta Certa

Há ainda o espaço do Startup Corner, que reunirá empresas com soluções para o setor têxtil e de confecções. A iniciativa traz para a feira um nicho crescente em Caruaru, a da inovação, representada pelo Armazém da Criatividade, também localizado na região.

A Agreste Tex espera gerar mais de R$ 300 milhões em negócios, um acréscimo de 20% em comparação com a edição anterior. Em relação à visitação, os organizadores estimam que a próxima edição irá superar as mais de cinco mil pessoas registradas em 2019. A feira tem a promoção do Febratex Group e realização da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic).

O evento é norteado por dados concretos. Pesquisas de mercado apontam as necessidades dos produtores e o interesse dos expositores em fazer negócios na região. “Para trazer o expositor para a Agreste Tex, precisamos explicar que naquele lugar há um mercado comprador grande” apontou Hélvio Pompeo Madeira.

“Para 2020, temos o crescimento do número de expositores e a qualificação dos visitantes, o que aponta para um público cada vez mais exigente. Conseguimos exibir o melhor da tecnologia da indústria têxtil nos quatro dias de evento. Esse contato direto com os distribuidores é de fundamental importância e responsável também pela visita dos grandes representantes com os seus consumidores na feira”, salienta Pompeo.

Fonte: Redação | Foto: Divulgação