Aposte no estilo cropped em diferentes fits para diversos públicos

Todo mundo já sabe que a tecnologia em artigos unindo conforto, toque suave e elasticidade são as principais características procuradas pelos consumidores cada vez mais exigentes dentro do segmento jeanswear e direcionadas a qualquer faixa etária e estilo. Então, dentro desses requisitos, o que devemos propor para se sobressair no mercado, alavancando suas vendas e conquistando consumidores fiéis? Nada mais é inventado mas recriado dentro de diretrizes pesquisadas pelo mundo que fazem sucesso nas ruas, entre os digital influencers, vitrines, grifes de luxo e fast fashions e, por isso percorremos lojas e feiras mundiais confirmando as principais tendências para o Inverno 2018 que vão fazer sucesso na estação. Fique de olho nos itens propostos aqui que prometem ser os “must have” da estação valorizando pequenos detalhes que fazem toda a diferença.


Uma coisa é certa, não importa o perfil de seu público-alvo, invista nas calças cropped. Sim, sempre mais curtas, ultracurtas ou no tornozelo, elas já estão fazendo sucesso e trazem ainda mais informação de moda com foco nas barras trabalhadas com desconstruções, recortes, assimetrias, desfiados ou até a boa e velha barra virada que pode revelar avessos diferenciados ou costuras aparentes. Os fits cropped “casam” perfeitamente com qualquer modelagem, seja ela skinny, jogger, boyfriend, reta ou a pantacourt. No denim rígido, nas lavagens mais escuras, com interferências, tons claros ou sarjas leves, tenha sempre uma peça com barras mais curtas na coleção.


Outra grande referência para a estação é o estilo militar que continua chamando atenção, agora de forma utilitária e esportiva onde surgem patchs, ilhoses, elásticos, bolsos amplos, aplicações, além dos camuflados. Os fits andam super democráticos, mas os shapes ajustados vêm em primeiro lugar, sempre com bastante power de elasticidade. Em lavanderia os efeitos useds surgem com rasgos, puídos e cerzidos localizados. Patchworks de retalhos com variações de tonalidades chamam atenção pelo artesanal. Mas as peças limpas também ganham força com leves esbranquiçados ou em cores únicas e sólidas.


Numa pegada esportiva as jaquetas tanto as tradicionais quanto as bomber ganham ornamentos interessantes com bordados, principalmente nas costas, navalhados com desfiados, patches aplicados e silks. Na tendência de uma construção focada na arquitetura e alfaiataria a mistura de lavagens forma geometrias que redesenham as peças. Ainda temos um pouco da inspiração dos anos 70 na bata com decote de ombro a ombro e na flare (em menor quantidade). Mas o que prevalece mesmo são as décadas de 80 e 90 com destaque para o fit reto com a cintura no lugar. É interessante ainda observar a miscelânea de estilos street, românticos, sofisticados ou casuais.


Não podemos esquecer dos looks all denim onde prevalecem tons claros com tecidos nobres, brilho e maciez nos artigos de pesos leves. A malha denim ainda surge, porém com menos força e pode ser vista em moletons, agasalhos e leggings. As camisas permeiam diferentes produções em tons no azul médio com esbranquiçados. Já as saias fazem sucesso na modelagem rodada ou evasê e comprimento mídi. Entre os detalhes temos bordados mais discretos, faixas laterais decorativas, tachinhas e rebites diferenciados e os famosos patches divertidos com inúmeras referências. Nas estampas os florais fazem sucesso em fundos escuros e inspirados na decoração.


Para os homens, tons no preto, resinados, bigodes em 3D e inspirações esportivas e looks totais no denim com jaquetas forradas e calças cropped ou no estilo cenoura, garantem visuais descolados e casuais. Tons mais sóbrios em looks que vão do trabalho ao compromisso social foram vistos em várias marcas, onde o clássico pode ganhar toques modernos. Entram ai terrosos como bege, marrons, além do vinho, acinzentados, preto, branco, dourado, azul marinho e vermelhos.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR