Bolsas e acessórios femininos no Shopping Penha

Para os amantes de acessórios de moda, o Shopping Penha promove uma exposição com mais de 30 itens, entre bolsas, luvas, sapatos e óculos, que vão de 1900 a 1990. A mostra acontece de14 de agosto a 1 de setembro na Praça de Eventos e, conta com a parceria da Escola SENAI “Maria Angelina V. A. Franceschini”.

O acervo para a realização do evento pertence ao conhecido brechó paulista “Minha Avó Tinha” e está dividida em três partes: a história da bolsa de 1900 até 2000, a evolução das bolsas de festa e o percurso da frasqueira até tornar-se nécessaire.

A bolsa é o acessório mais recente do vestuário moderno. O próprio nome só foi criado no começo do século 20 e, a partir desse momento, a popularidade da bolsa foi aumentando de acordo com o status da mulher na sociedade.
Confira abaixo alguns itens da exposição A evolução das bolsas e acessórios femininos.

1900: O COMEÇO DAS BOLSAS FEMININAS


No começo do século XX, elas ainda lembravam o formato de bolsos, mas eram enfeitadas com franjas, fitas, galões, todos itens do vestuário feminino. As mulheres carregavam seus itens essenciais da época: cartões de visita, lenços de mão, leques e cartas.

ANOS 10: ROMANTISMO DA BELLE ÉPOQUE


O movimento da Belle Époque reinava na França e se traduzia em trajes românticos e luxuosos, com muita renda e bordados. As bolsas eram pequenas, bordadas com pedras e contas, como se fossem joias.

ANOS 40: TEMPOS DIFÍCIEIS DO PÓS- GUERRA


Durante a 2ª Guerra Mundial, a escassez de matéria-prima obrigou os estilistas a utilizarem materiais alternativos ao couro na confecção das bolsas, como tecidos, cordas e contas de madeira.

ANOS 50: FEMINILIDADE E ELEGÂNCIA


Depois de muitos anos de restrições causadas pela guerra, o glamour volta à tona. O “New Look” proposto por Christian Dior ditava um estilo ultra-feminino com a cintura marcada e saias amplas. As bolsas acompanhavam essa elegância através de formas rígidas e alça de mão.

ANOS 80: STATUS E ARTE


Poder, dinheiro e status simbolizavam a geração consumista dos anos 80. As roupas eram chamativas, com estampas exageradas, ombreiras, pregas e muito dourado. A regra número 1 dos acessórios era que a bolsa precisava combinar com o sapato.

Serviço

Exposição: A evolução das bolsas e acessórios femininos

Data: de 14 de agosto a 1° de setembro de 2013

Horário: de segunda a sábado das 10h às 22h aos domingos e feriados das 14h às 20h

Local: Praça de Eventos do Shopping

Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, nº 304, Penha.

Telefone: (11) 4003-7210

shoppingpenha.com.br