Capricórnio Têxtil patrocina estilistas que participam do SPFW e Casa de Criadores

A Capricórnio Têxtil é patrocinadora de estilistas que trabalham com denim e se apresentam na atual edição do São Paulo Fashion Week, que chegou ao fim no último domingo, dia 27. Além disso, a tecelagem também é apoiadora de designers participantes da Casa de Criadores, que ocorre no mês de julho.

Ronaldo Silvestre

O estreante Ronaldo Silvestre está entre os estilistas que contam com o apoio da Capricórnio, tendo se apresentado durante o primeiro dia da 51ª edição do SPFW. Com uma coleção foi inspirada na igualdade e na transformação social através da moda, o estilista escolheu quatro tecidos diferentes da linha Eco para desenvolver os looks. São eles: Nimes, Jango Royal Blue, Teca e Iza.

“É a realização de sonho! Há 20 anos trabalho com moda sustentável para mulheres em vulnerabilidade e estar na SPFW chancela este momento. Com o meu histórico, não poderia deixar de trazer a Capricórnio Têxtil, que sempre esteve comigo desde os outros eventos, para este projeto, que vem com bordados e processos especiais realizados pelas costureiras do Instituto ITI para chegar ao resultado final”, comenta Ronaldo Silvestre.

Outro nome patrocinado pela tecelagem é Theo Alexandre, da Thear, que se apresenta no final de julho, na Casa de Criadores, uma coleção inspirada nos prédios Art Déco de Goiânia e também por consequência uma homenagem aos 88 anos da cidade.

Theo Alexandre, da Thear

No total serão 15 looks com base em denim, da linha Eco Capricórnio Têxtil, que imprime técnicas de reutilização dos retalhos, criando design de superfície. Os tecidos escolhidos dão Luna e Cipó.

“Escolhemos essas bases, pois nossas criações são todas com fibras naturais. Com essas atitudes as peças da Thear são de rápida decomposição quando descartadas no meio ambiente”, afirma o estilista.

Há ainda o estilista Gui Amorim, do Estúdio Traça, que também se apresenta na Casa de Criadores. O estilista escolheu a linha Algarve Black e Algarve da Capricórnio para criar a coleção inspirada no movimento musical Raggamuffin e dance hall dos anos 80.

Gui Amorim, Estudio Traça

No mesmo evento, a Capricórnio Têxtil marca presença no projeto editorial que visa reforçar o dia da Visibilidade Trans. Para isso, os estilistas finalistas do 1º Desafio Sou de Algodão + Casa de Criadores criaram um look exclusivo com tecidos em algodão. O Ateliê Fomenta contará com o denim da Capricórnio.

“Para nós, estas parcerias visam o nosso propósito de promover conexões e ampliar o ecossistema. O lançamento do nosso Movimento para Sustentabilidade e os nossos produtos da linha Eco Denim encaixaram perfeitamente com os temas propostos pelos eventos este ano”, finaliza João Bordignon, diretor de marketing e novos negócios da Capricórnio Têxtil.

Fonte: Redação | Fotos: Divulgação