Cedro inclui editoriais de tendências em seu ciclo de atuação

Uma coleção, dois editoriais de moda. É assim que a Cedro Textil – empresa que está comemorando neste mês de agosto 145 anos de trajetória ininterrupta – se posiciona a partir deste ano. E o primeiro trabalho que marca esta nova fase, é o editorial Pirapora Tech, formado por produtos da coleção Reinvenção, em um conceito mais comercial. “Entendemos nosso papel na cadeia produtiva e temos investido em gerar conteúdo relevante de moda, que possa ser recebido por todos. Ao apresentar uma orientação de estilo, entendemos que estamos contribuindo para o setor como um todo”, explica Eduardo Silva, coordenador de comunicação da Cedro Textil.



Tendo como cenário o Rio São Francisco e o lendário barco Benjamim Guimarães; o editorial traz como principal apelo o posicionamento de que a moda também acontece dentro da indústria têxtil. Motivo pelo qual o denim é apresentado em formato mais conceitual, em tecidos estruturados como o Nyx, o Duo Special e o Bristol. O alinhamento com as tendências globais, fica por conta dos tecidos Alan e Zac, da família elastic; e dos efeitos mais agressivos de lavanderia. Eduardo Paixão, estilista da companhia, explica que o objetivo é revelar o que estará nas ruas no final de 2018.



As criações eleitas para a publicação, destacam elementos importantes de moda; como os jeans com patches, os casacos oversized, as barras recortadas, e o styling individual que permite a reformulação da forma de vestir as peças clássicas. Mas a iniciativa, sinaliza sobretudo uma direção de mercado; constituída pela exigência de proximidade entre as empresas e as necessidades dos clientes – contexto que define o cenário da moda atual.

VIVIAN DAVID | FOTOS: MÁRCIO RODRIGUES