China é acusada de dumping de corante índigo

Nesta terça-feira, 30.10, a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) publicou no Diário Oficial da União (DOU) um comunicado afirmando o início da investigação sobre a existência de dumping nas exportações de corante índigo (usado na fabricação do denim) chinesas e cingapurianas para o Brasil. Considera-se dumping quando um produto entra em um país a um preço de exportação extraordinariamente inferior.


O pedido de investigação veio da Bann Química Ltda, que já havia solicitado outra análise junto à Secex em 2006, queixando-se da exportação alemã ao Brasil. Como resultado, a primeira reclamação rendeu em uma alíquota de mais de 500 mil dólares para a entrada do produto no Brasil.

REDAÇÃO | FOTO: REPRODUÇÃO