Denim jacquard, tons pastel e patches são destaque na feira

Bolas de cristal devidamente sintonizadas; o início do ciclo da moda denim já foi devidamente colocado por uma das principais feiras de matérias-primas relevantes para o segmento: a influente Munich Fabric Start, com seu espaço completamente dedicado ao denim, Blue Zone. O evento ocorreu entre os dias 1 e 3 de Fevereiro de 2016, no MOC Messe Zentrum, e encerrou-se marcado pela atmosfera positiva, visto que todos os seus halls estavam completamente preenchidos por visitantes.



Colagens de fotos, produtos miscigenados e paredes ostentando acúmulo de imagens de detalhes de peças apresentadas em desfiles proporcionando uma dose extra de inspiração aos visitantes. Uma novidade singular marcou a organização da feira: espaços de exposição separados por muros de tecidos semi-transparentes mais altos, conferindo maior privacidade durante a execução dos pedidos.



Entre as tendências mais significativas apresentadas para a temporada de Verão 2017, o evento destacou a importância do sortimento de denim e chambray em nuances mais claras e mais escuras de índigo, assim como as tonalidades esverdeadas. Efeitos de camuflagem, microestruturas, listrados em espinha de peixe e motivos de estampa de lenço foram os mais recorrentes padrões apresentados para as coleções. Destaque também para as interpretações de estampas de bicho no formato rico dos jacquards, elevando a percepção de valor dos tecidos que se propuseram a contemplar o apelo fashion relacionado ao padrão mencionado.



Outra forte influência que se mostrou onipresente na feira, pode ser definida pela aplicação em excesso de patches e remendos em diferentes tons de lavagem e azul pontuando alquimias entre formatos, cores, acabamentos e costuras nas peças.



Os coloridos permanecem uma demanda desejo nas coleções, e são apresentados tanto em paletas de tons pastel de cinza, verde e azul quanto em cores luminosas e descarregadas variando dos terrosos e avermelhados até os verdes militares apagados com reservas de pigmento.



No quesito formas, os fabricantes de tecido apontaram o futuro do denim para o caminho dos tecidos inteligentes, aplicados em looks limpos ou construções elegantes marcadas pelo apelo cool e relaxado.



O elastano foi outro tópico em alta no mercado, e neste tópico destacou-se a fabricante Calik denim que apresentou o tecido Elastech, com tecnologia de alta performance que mantém a superfície esticada e não enruga mesmo com tratamentos de lavagens e misturas de fibras. Também a Orta, lançou o produto Reverb, um confortável denim com elastano dedicado à interpretações para o look vintage autêntico.

VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO