Destaques para a Primavera/Verão 2015

A 35ª edição da Casa de Criadores, que aconteceu entre os dias 04 e 06 de Junho, apresentou os novos talentos da moda brasileira, além de nomes já muito bem conhecidos como Walério Araújo, Fernando Cozendey, Karin Feller e Juss. Essa edição de Primavera/Verão 2015 também retomou seu projeto em parceria com o Senac para premiar a melhor coleção de alunos formandos em Design de Moda pelo centro universitário. A 35ª edição do evento contou também com o Projeto Novos Olhares, que trouxe deficientes visuais com looks dos estilistas da Casa para a passarela, com o objetivo de chamar a atenção para a falta de capacidade do país de proporcionar convívio e independência para essa parte da população.


Falando agora sobre tendências, para esta temporada pudemos notar a aposta no brilho, tecidos encerados, cores vibrantes e transparências. Nas estampas a referência artsy ganhou destaque pelas mãos de Gustavo Carvalho, e o jeans e a sarja apareceram em formas de peças chaves ou como complemento para uma construção inesperada como, por exemplo, no desfile da Nosotros, ganhadores do projeto BtoB da última edição, que apostou na sarja acetinada Kidman da Vicunha Têxtil para formar seus looks com referências cubanas e com foco no pintor René Portocarrero.


Na passarela da Juss, o jeans, também da Vicunha, apareceu com estampa militar pontuando sua coleção sempre colorida, que dessa vez olhou para o Peru, e misturou a cultura inca ao streetwear característico e bem trabalhado da marca. Kauê Bueno trouxe só jeans, em diversas formas, apenas amaciados e com corte de alfaiataria. Já o jeans como peça chave foi apresentado pela Tilda, que utilizou as calças jeans da YESIAM, marca de Raquel Ferraz, para compor looks do dia-a-dia e que vão de encontro aos padrões estéticos estipulados por editores de moda e designers e que acaba resultando na mesmice de estilo do público final consumidor. Não foi a toa que Anderson Tomaz, designer da marca, apareceu de capacete de guerrilha e com os dizeres #transformtoday (transforme hoje) estampados em sua camiseta.


Longe da moda todo dia, Walério Araújo não poderia deixar de armar seu show à parte. Os vestidos propuseram uma nova forma de vestir as debutantes com suas saias de tule, que logo depois da valsa, se transformam em vestidos modernos, curtos e cheios de bordados. O desfile de Walério teve direito a duas entradas na passarela, Ticiane Pinheiro, Valesca Popozuda e suas fiéis dragqueens na fila A. Por fim, o estilista Fernando Cozendey retratou o jeans e a malha (duo de todo dia da maior parte da população nacional) em seus collants de Lycra. O embate de classes (periferia x elite) e os problemas evidentes do país tão salientados nos últimos meses ganhou forma em peças provocadoras, com referências do funk e da classe A, tudo misturado na passarela de Fernando.

MARINA COLERATO | FOTOS: AGÊNCIA FOTOSITE/EQUIPE GUIA JEANSWEAR