Do clean às aplicações nos bolsos do Inverno 2016

Há algumas estações estamos destacando o minimalismo dentro do segmento jeanswear como uma grande tendência onde a valorização dos tecidos e todas as suas tecnologias prevalecem unindo conforto, toque, maciez, elasticidade e fibras nobres em modelagens cada vez mais inusitadas. Com os bolsos não é diferente: inserido nesta tendência temos opções de modelos que vêm valorizados pelas filigranas, que ora surgem no mesmo tom do jeans, ora em tonalidades contrastantes, mas sempre permeando curvas e espaços que redesenham a peça e prendem o olhar. Destaque ainda para as linhas contrastantes, leves puídos nas bocas dos bolsos, amassados, cerzidos e etiquetas menores ou logos em modelos chapados e em diferentes formatos.


Na contramão destas referências encontramos também opções que unem brilhos com o nome da marca como na Guess ou ainda com bordados e rebites e tachas diferentes em meio a lavagens mais agressivas que invadem palas recortadas em banhos diversos e, que podem seguir as mesmas tonalidades das calças. Outros modelos interessantes e que seguem essa pegada rocker são a mistura de metais, zíperes, etiquetas e aplicações como as bandeiras dos EUA e Inglaterra ou datas numa profusão de detalhes criativos e inovadores. Ainda nestas peças surgem efeitos metalizados e rasgos em bolsos sobrepostos. Há também modelos mais cleans com palas e botões em sarjas colors.


Se a ideia for destacar a modelagem e o aspecto totalmente clean em peças despojadas porém mais discretas ou prender o olhar diretamente para bolsos repletos de aplicações e aviamentos, além de diferentes efeitos em lavanderia, pode-se encontrar tudo isso e muito mais no Inverno 2016.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR