Feira aposta na variedade de tendências

Todas as tendências, juntas, misturadas, em um imenso agrupamento de marcas. Assim foi definido o formato e o arranjo dos expositores que apresentaram suas coleções nas mais recentes edição da feira WWDMagic em Las Vegas. A feira, que contempla público masculino, feminino, infantil, sapatos e acessórios apresentou 22.000 linhas de produtos, vindos de 135 países. Nos quatro dias de edição, a feira, que acontece paralela a Liberty e Project, adotou como postura unânime inundar os frequentadores por múltiplas escolhas e lançamentos, diferenciando-se da edição anterior, quando muitos visitantes queixaram-se da escassez de novidades com apelo comercial.



A feira está acontecendo mais, comenta Laura Nunes, diretora de produto na Fullerton, e proprietária dos sites de moda Ruche e ThreadSense. “Existem muitas coisas diferentes sendo feitas aqui”, definitivamente nada foi deixado para trás. Você não é tão bombardeado por esta ou aquela tendência. Todos parecem estar fazendo tudo”



Por exemplo, tendências retrô e futuristas foram colocadas simultâneamente, ao mesmo tempo em que estilos inspirados na década de setenta estão prontos para emergir na primavera. Cori French, compradora de moda feminina da Revolve Clothing, site de compras de moda global com sede na Califórnia, comenta: “Os anos 70 serão uma forte tendência com chapéus de aba larga, amplos e tops com rendas e babados. Haverá muito jeans vintage dialogando com sandálias de amarrações, e looks fluidos e extremamente femininos.”



No contraponto, a sensibilidade esportiva está também se estabelecendo, prova disso foi a grande atenção dispensada aos estreantes da marca Beyound Yoga, os quais foram o destaque em uma seção adjacente a expositores contemporâneos como Democracy e Karen Kane. Com um mix de capris pontuado por cores luminosas e tops curtos e traspassados, a marca realizou uma performance com peças inspiradas nas passarelas e elaboradas para ultrapassar a finalidade da atividade física.



Ainda entre as peças bem-sucedidas da feira, destaque para os vestidos multicoloridos estampados por um grupo de skatistas, o short branco de ginástica, e entre as tendências, a silhueta boxe, a cintura elevada nas calças, o estilo étnico cigano e as combinações de preto/branco redesenhando silhuetas. Para quem observa os movimentos do mercado jeanswear, a calça jogging é o desejo principal, ainda que em outros tecidos, e segundo compradores, não exclui nem diminui a procura pelo jeans e seus complementos, que continuam ocupando o status de ítem essencial no varejo de moda.

REDAÇÃO | FOTOS: REPRODUÇÃO