Feira apresenta novidades e destaca o conceito eco-friendly

A 17ª edição de um dos eventos mais esperados e respeitados do setor têxtil e vestuário em tecnologia, a ITMA 2015 que aconteceu em Fiera Milano RHO (parque de exposição de Milão), na Itália, entre os dias 12 a 19 de novembro, apresentou propostas inovadoras que contribuem com o meio ambiente. A feira atraiu cerca de 123 mil visitantes de 147 países ao longo do período de oito dias.

“Nós registramos um salto de 20% no número de visitantes em comparação com ITMA 2011. Mais importante ainda, a partir do feedback dos participantes, podemos dizer com confiança que esta é uma das melhores exposições ITMA. A nossa mensagem sobre a sustentabilidade ressoou fortemente com os compradores “, disse Charles Beauduin, presidente da CEMATEX, o Comité Europeu de Fabricantes de Máquinas Têxteis, que detém ITMA.

Beauduin elogiou as adaptações atuais e prospectivas da indústria, acrescentando que os players globais do setor têm entendido a importância de investir em inovações que são eco-friendly e que também podem ajudar a melhorar a sua linha de negócio. Concordando com ele, Regina Brückner, CEO da Brückner Trockentechnik GmbH & Co KG, da Alemanha, disse: “Nós sentimos pela primeira vez que há uma real compreensão e interesse em eficiência energética de tecnologia verde. Há uma tendência entre os nossos clientes em querer atualizar seu equipamento antigo, porque eles entendem a necessidade de uma produção altamente eficiente ao longo de todo o processo de produção têxtil”.


A equipe do Guia JeanswearWear visitou a feira e ressaltamos aqui alguns dos destaques em meio a tanta tecnologia avançada, confira:





Líder em robótica para a indústria de acabamento em denim, a VAV, empresa de soluções inteligentes para a indústria denim, apresentou produtos como:
tecnologia laser que propõe soluções de processos sem uso de água, robôs que pulverizam os jeans com processos por via húmida, robôs escova que lixa o jeans e também não usa água no processo, QC sistemas com pequenas mesas de medição, sintemas de ozônio, automação em lavanderia, e RFID soluções para segregação de cores.


A Zschimmer & Schwarz Mohsdorf estreou sua divisão de produtos auxiliares têxteis, Diamontex na ITMA, que apresentou a sua nova linha de produtos para impressão digital têxtil. Já a “USP”, da Diamontex, é uma gama totalmente ajustada para o processo de impressão digital a partir do sistema de injeção modular para as tintas de pós-tratamento, acabamento ou revestimento”, afirmou a assessoria de imprensa.
Além disso, Diamontex também atende aos mais altos padrões ecológicos e é Bluesign bem como GOTS certificada e em conformidade com as normas Oeko-Tex.

A empresa espanhola de tecnologias de beneficiamentos, a Jeanologia apresentou o novo software que propõe no laser o efeito de desbote que se fazia com permanganato, a nova solução oferece ao jeans uma aparência vintage sem uso de produtos químicos que também poupa a saúde do trabalhador na lavanderia.




Já o grupo francês fabricante de fibras sintéticas e polímeros, a Rhodia, parte do Grupo Solvay, lançou o seu fio de poliamida 6.6 bio-degradável chamado Amni Alma Eco, que permiteque as roupas feitas com esta fibra se decomponham após a deposição em aterro em cerca de três anos. Ele foi desenvolvido depois de cinco anos de pesquisas e é favorável ao meio ambiente, de acordo com um comunicado da empresa. O fio também oferece outras propriedades para os consumidores como toque suave, respirabilidade, conforto, lavagem fácil, gerenciamento de umidade, etc. Tal inovação sustentável também foi reconhecida por dois prêmios – o Prêmio Pulitzer Kurt, concedido pela ABIQUIM e prêmio da Câmara Americana de Comércio. A Rhodia também apresentou o Emana Denim já conhecido no Brasil como a fibra anti celulite.




A empresa brasileira Automatisa, que tem sede no sul do Brasil, esteve presente no evento e apresentou máquinas de corte e gravação digital à laser, como a máquina Mira que faz beneficiamento em jeans e peças de malhas usando técnicas como lixado, puído, used, entre outros, e a ID LASER CO2 que faz aplicações, codi?cação e identi?cação à laser em materiais não metálicos, brindes, etiquetas de cós, peças rastreáveis e muito mais.


Já a espanhola MACSA, um dos principais fornecedores de tecnologia laser da Europa, que trabalha para a indústria têxtil e de embalagens. Entre as máquinas apresentadas pela empresa, os destaques ficaram por conta das tecnologias de CO2, YAG e de fibra. A gama oferece Lasertex lasers de alta qualidade, acabamento em denim e outras aplicações têxteis. Com ele, os fabricantes podem responder as demandas de mercado cada vez mais sofisticadas, sem o impacto ambiental associado às tecnologias tradicionais.


Em 2019 acontece a próxima ITMA, não deixem de nos acompanhar!

IOLANDA WUTZL | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR