Feira inclui consumidores na programação

Conforme já anunciado no começo deste mês, a feira global Bread & Butter irá abrir as portas para os consumidores. Em acréscimo, em comunicado à imprensa e aos representantes das marcas participantes, Karl-Heinz Müller, idealizador e chefe da feira, revelou seu planos de como será o formato trabalhado pelo evento na edição de Julho de 2014.



De acordo com a nova programação de cinco dias, o primeiro dia do evento (8 de julho) será dedicado à imprensa, o segundo e o terceiro dia (9 e 10 de julho) serão os “dias profissionais” voltados para compradores e varejistas, e os dois últimos dias (11 e 12 de julho) serão “dias públicos” abertos aos consumidores e público em geral.



Estes dois dias não serão apenas abertos para um grupo maior, como também permitirão que imprensa e profissionais visitem a Bread&Butter durante todos os dias, enquanto os consumidores estarão distribuídos apenas nos dois últimos dias “públicos” da feira.



Os consumidores podem comprar passes diários para o evento por R$ 25 Euros. Para os profissionais a política de tarifas continuará igual à praticada nas edições anteriores: todos os profissionais diretamente conectados com os negócios da Bread&Butter terão passe-livre; e os demais profissionais terão que pagar uma quota de 500 Euros.



Não haverá venda para os consumidores. “Müller deixa muito claro o quanto buscam evitar uma competição direta com os negócios de varejo. Mas ele deixa aberto às marcas participantes, a opção de mostrar novas coleções, ou utilizar peças da estação corrente para apresentar aos consumidores finais durante os dias abertos ao público.” No topo desta nova estratégia, durante os dois últimos dias, o diretor executivo da BBB irá também realizar eventos e shows.



“Feiras de moda convencionais devem estar em constante reformulação atualmente”, Müller comenta para explicar sua iniciativa. “Consumidores são responsáveis por impulsionar o cenário atual, eles são a chave, todos os querem. Fora isto, os dias abertos ao público não são uma novidade – grandes feiras de negócios como IAA Frankfurt ou Baseworld já fazem isso. Para a próxima edição, Müller antecipa também a idéia do seu novo conceito inclusivo, nomeando todos os membros do mercado, sob o título “Global hub of lifestyle” – em tradução livre: centro global de estilo de vida moderno.

VIVIAN DAVID / FOTOS EQUIPE GUIAJEANSWEAR