Festival do Jeans de Toritama reúne informação de moda, música e tendências

Com o tema “Move On”, a segunda edição do Festival do Jeans de Toritama Digital aconteceu entre os dias 17 e 18 de setembro e contou com a apresentação da atriz Paloma Bernardi e desfiles de marcas com foco no jeanswear dos segmentos feminino, masculino e infantil.

Paloma Bernardi, apresentadora do FJT Digital

O evento que já é um sucesso no mercado há bastante tempo trouxe ainda muita informação com um bate papo sobre o Futuro da Moda com as influencers Diene Toscano e Faby Falcão que abordaram as mudanças que aconteceram com a pandemia, onde as pessoas começaram a valorizar o agora, além do interesse pela responsabilidade social e sustentabilidade, com um olhar mais consciente.

“A moda é liberdade de expressão e deixou de ser algo que dita, mas mostra a sua personalidade e,  pandemia elevou a nossa consciência”, comenta Diene.

Já Faby apontou as principais trends que permeiam o mercado jeanswear, como a moda slowfashion com peças bacanas e duráveis, a técnica do upcycling, que segundo ela, é um estilo de vida, onde as pessoas ressignificam aquilo que já têm. “Muitas marcas também vem trabalhando o patchwork no jeans, reutilizando retalhos de outras coleções, como a grife Dolce&Gabanna”, afirmou. A influencer destaca ainda as modelagens wide leg, super tendência da temporada e a slouchy mais confortável.

O diretor comercial da Santana Textiles, Antonio Manzarra, participou do segundo dia do evento e trouxe um cenário geral da indústria têxtil. O executivo abordou a falta de matéria-prima, principalmente o algodão, cultura que não previu o acréscimo das vendas online e a retomada do mercado. Sua escassez ocasionou o aumento de preços, o que refletiu nas tecelagens. Outros fatores importantes dentro desse contexto foram a crise hídrica com o aumento da energia e os insumos importados da China que também aumentaram seus valores devido a dificuldade de importação.

 

Entrevista com Antonio Manzarra, da Santana Textiles

“Tudo isso acarretou a falta de abastecimento, preços altos e consequentemente o aumento no tecido. A Santana Textiles tem unidades no Brasil e na Argentina e desde o início da pandemia pensamos em cuidar do abastecimento, independentemente do valor do matéria-prima. Nós compramos algodão, poliéster e elastano mais caros, mas não deixamos faltar tecido”, relata Manzarra.

E continua: “Você pode ficar a mercê do que pode acontecer, mas também pode trabalhar a realidade. Hoje é a matéria-prima cara, ou você compra ou há uma escassez ou colapso de abastecimento”.

Em relação aos produtos da têxtil, Manzarra conta que estão explorando bem a questão da sustentabilidade, otimização de custos, sem perder a qualidade, em produtos versáteis.

O novo normal

Para Manzarra, o novo normal é o velho igual principalmente no segmento de moda. “A gente achou que tudo iria virar online, mas você chega no shopping e está cheio. O novo normal não apareceu tanto”, diz. Segundo ele, para esse momento, algumas ações já estão sendo tomadas para o aumento da produção de algodão e o ponto chave é a verticalização das empresas, para não depender das importações.

Para o diretor da Santana Textiles, a região de Toritama e todo o agreste de Pernambuco tem uma identificação muito grande com a empresa, que também veio do interior do Nordeste e passou por dificuldades. “A gente se identifica com a região”, comenta.

Manzarra abordou ainda o Blue Day, evento realizado pela Santana que promove o Concurso Inova Denim onde une estudantes e profissionais para a criação de peças com os tecidos da empresa sob mentoria do estilista Alexandre Herchcovitch.  A próxima edição online acontece no dia 7/10 e terá 6 finalistas apresentando suas peças.

Desfiles

O ponto alto do Festival do Jeans de Toritama são os desfiles onde diferentes marcas apresentaram suas principais tendências para a próxima temporada. Dessa vez, estiveram presentes a Zumvest Kids, Magds Jeans, Enixs Jeans, Seruque jeans, Metaurus Jeans, Believe Jeans, Luvit, LGN Denim, Base Única, Missing Jeans, Sport Company, além da loja RC Tecidos e das empresas têxteis Jolitex Denim e Santana Textiles. 

Para o próximo Verão surgem o mix de lavagens, em azuis contrastantes, com desbotes e pontos de luz. A mistura do blue e do branco também foi trabalhada em shorts e calças. O autêntico denim vem valorizado pelo azul profundo, com brilho e aspecto clean onde as modelagens chamam atenção em fits soltinhos como wide legs, moms, joggers e retas. Há espaço também para as skinnies e croppeds com rasgos e puídos na parte da frente, reservas de cor e sky bleach. Os vestidos longos e mídis surgem no estilo evasê, com babados ou assimétricos.

Destaque para as croppeds, seja um top com alças, uma jaquetinha, colete ou camisa em looks all denim. A parte de cima vem valorizada também pelas mangas fofinhas, abertas ou com babados com inspiração mais romântica. Não poderiam faltar os vazados nas laterais do cós e a técnica de patchwork muito bem trabalhada em geometrismos e mistura de lavagens e tecidos. As bermudas são folgadas e mais compridas e podem vir com efeitos useds.

E já que estamos falando em Verão, os colors não poderiam faltar em diferentes peças, mas principalmente nas calças, jaquetas e shortinhos. Temos rosas, amarelos, vermelhos, verdes, mostarda e tons de neon tanto nos tecidos quanto nos detalhes como em botões.

Para o segmento infantil o jeans vem com apelo fashion, mas sempre com conforto e detalhes lúdicos. Novos shapes e tecidos no raw podem ser vistos em jaquetinhas, calças slouch, jogger, além de macacões e, minissaia clochard com amarração em denim. Os colors passeiam entre o rosa e o branco.

A moda plus size aposta em tecidos leves, sofisticados e elegantes em macacões, vestidos e saias longas, croppeds e minissaias. Para os homens, as jaquetas trucker são usadas com calças ou bermudas mais justas em tons limpos ou com desgastes e puídos.

Com a coleção Acqua, a Santana Textiles traz degradês, recortes e detonados em mix de azuis, fibras aparentes, detalhes de costuras, denim raw e navalhados. Destaque para os vestidos longos, skinnies e maxi casaco.

Jolitex Denim levou para a passarela a coleção Esperança com lindos patchworks, além da alfaiataria desestruturada e o jeanswear sofisticado. Em lavanderia, surgem reservas de cor, manchados e desbotes em saias, vestidos, camisas e calças em azuis brilhantes.

Fonte: Vanessa de Castro | Fotos: Divulgação