Fusão de temas para o white denim na revista Be

Motos, vaqueiros, cowboys e rock`n`roll. Para quem está indeciso quanto à qual influência do universo denim é mais apropriada para inclusão como tema no desenvolvimento do segmento, o editorial “Lequipée Sauvage” da revista “Be”, edição de Setembro, esclarece a perfeita coordenação entre todas as propostas. Em comum, todas tem o espírito de aventura e um potencial para sedutoras composições especialmente para o look feminino,


Para representar a miscelânea de temas perfeitamente coordenáveis no look, a publicação elege materiais rústicos como a camurça nas calças e botas, com recortes representando o estilo vaqueiro. A transição para o estilo cowboy, é dada pela feminilidade de franjas em contraponto com a atitude desbravadora dos chapéus associados ao respectivo lifestyle. Couro e spikes “jogados” na perfecto reverenciam a icônica liberdade cultuada pelo universo do motociclismo. Já o rock, ecoa de sua mais incontestável referência, através de desenhos de aplicações que lembram bastante a indumentária de Elvis Presley, decorando o colete em white denim. A influência, é confessada também na fivela que ostenta a imagem do eterno rei do rock.


O editorial evidencia valor do shortinho em sarja nos looks de verão, as franjas como elemento decorativo jovem no segmento, a permanência do couro e spikes como linguagem atual, e o apelo de moda do white denim enfeitado, para as coleções da temporada mais quente e ensolarada. A calça de vaqueiro, por sua vez, é especialmente inspiradora com seus recortes elaborados marcados por pespontos. O índigo em si, está ausente da publicação, que prioriza o branco como linguagem principal. Mas para bons entendedores, boas influências bastam, de modo que sublinhamos o potencial do estilo resultante deste mix de temas, como uma certeira referência para o segmento denim.


ViVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO