Hudtelfa desenvolve linha premium juntamente com Juliano Renaux

Olha que novidade legal: Juliano Renaux se uniu à tecelagem Hudtelfa para criar uma linha especial de artigos premium, com toque diferenciado que garante suavidade, frescor e sofisticação. Entram nessa coleção os tricolines, gabardines e sarjas que recebem produtos de primeira qualidade, cuidadosamente escolhidos como os algodões penteados e tratados que proporcionam conforto e toque super agradável. Além de todas essas vantagens para o consumidor final, as altas densidades construtivas permitem que o confeccionista realize cortes e costuras de alfaiataria sem que se perca a manobrabilidade em costura e sem defeitos, comuns aos tecidos de baixa densidade construtiva.

A Hudtelfa, que está no mercado há 84 anos e mantém sua sede em Nova Odessa (SP), é uma indústria que atua no setor têxtil e trabalha do fio ao produto acabado, com atuação nos segmentos de moda, calçados e industrial e, tem como objetivo fornecer soluções têxteis adequadas para as necessidades de cada cliente. A empresa que iniciou suas atividade em Americana (SP) fabricando fitas de seda e rayon, atualmente produz até 1 milhão de metros lineares de tecidos planos por mês.
Conheça os lançamentos da linha premium by Juliano Renaux.

Yoko – tecido 100% algodão de toque empapelado, com estrutura de fios e construção trabalhados mecanicamente em equipamento italiano de última geração, onde o movimento chega a emitir um leve “som” que se assemelha ao movimento do papel. Mesmo sendo leve ele vai além do uso em camisaria, mas pode ser utilizado para confeccionar shorts, bermudas e peças masculinas e femininas diferenciadas em geral.

Majô – tecido leve ideal para camisaria, em algodão e elastano, proporcionando flexibilidade e mais liberdade de movimentos. Ele mantém o equilíbrio da temperatura corporal mesmo em dias mais quentes.

Zermatt – gabardine composto por fios de dupla torção (penteado), onde o toque e o brilho é melhorado ao longo do uso. Todo o conforto do algodão aliado à sofisticação de uma construção especial.

Sandy – o nome do tecido Sandy vem da palavra “areia” em inglês, sand. Tecido peletizado que conta com estrutura em fios de dupla torção, onde através do batimento de pellets no tecido (a peletização) , melhora-se muito a percepção da maciez final no tecido.

Colombina – tecido com dupla torção de fios, construído especialmente para quem quer a sofisticação da alfaiataria traduzida para o mercado sportswear.

Prety – tecido em construção que remete ao veludo, porém em sua versão tropical, fresca e macia, também composta por elastano, atribuindo movimento e conforto.

Dada – gabardine elastizada de apelo nobre com alto potencial de stretch indicado tanto para o feminino em cigarretes, bermudas, como também para o segmento masculino em calças sociais.

FONTE: Vanessa de Castro | Fotos: Reprodução