Iguais na diferença

Iguais no toque, na resistência e na tradição diferentes na cor, aparência e função. Isso sim é que é democracia: as coleções em jeanswear contam com denins índigos, blacks, estampados e ainda com as reviravoltas dadas pelo avesso com a finalidade de compor peças mais criativas.


Unidos por recortes, pespontos e principalmente pelo design denins de diferentes tonalidades se revezam em calças, saias, shorts, jaquetas e bolsos – tudo para fugir da monotonia monocromática, sem abrir mão do direito de continuar atuando como peça chave do dia-a-dia.


Marcas como a Lotus Roots, pensaram em recortes e formas que se destacassem justamente pela mistura de diferentes tonalidades na mesma peça. Bolsos, mangas e palas de jaquetas tornaram-se oportunidades para criar contrastes valorizando as diferentes nuances do azul índigo. Já na Cheap Monday, o jeans ganha lavagem ácida com diversos pontos de luz até chegar na altura do joelho, onde a peça muda o tom para o black denim com aspecto bruto até a altura da barra.


Já as reviravoltas do avesso fizeram parte de remendos e recortes de bolsos em calças e casacos na Mustang, e ganharam o status de aviamentos ao debruar bolsos americanos na Timezone.


Na Firetrap, recortes em denim grafite ou no avesso valorizam o filigrana e suas aplicações. Destaque para detalhes de peças masculinas na coleção da Gold Lab, em denim de tonalidade ligeiramente diferenciada e estampado (com motivos semelhantes aos utilizados em gravatas) em bolsos relógio e recortes de bolsos traseiros.

VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR