Influências oitentistas para atualizar o fit skinny

Os fits do segmento jeanswear continuam se multiplicando, e as passarelas internacionais nos mostraram novos volumes, arquiteturais, que focam muito mais no conceito e no comprimento do que no apego à silhueta.


Porém em território nacional, a skinny jamais perderá sua majestade. O pedestal é consequência do público feminino mais vaidoso do mundo que não abre mão de evidenciar seus “atributos”. Mas a modelagem justa não é desculpa para a mesmice. Por esse motivo, o GuiaJeanswear “garimpou” alguns bons exemplos, adequados ao clima nacional, que alteram bastante sua fisionomia. O objetivo é colaborar para a formação de uma espécie de “schetchbook” virtual ou seja: um arquivo de idéias contemplando formas, para constar no repertório criativo dos fits ajustados.


Entre as mais “vestíveis” ao lifestyle do público “mulherão” brasileiro, destacamos os vazados laterais revelando a pele. Podem ser obtidos através de tiras como na imagem da Pyton, ou vazados geométricos como a peça trendy da Topshop. A origem dos vazados é oitentista, mas desta vez ele aparece desconectado da lavagem bleached, também característica da década. Daí sua aparência atualizada.


Outra referência oitentista: a cintura elevada. A leitura chic e rebuscada é o elemento que a atualiza para a temporada. A Topshop dispensa os bolsos americanos. Uma idéia receptiva para o chão de fábrica, que ganha agilidade no fechamento das peças. E bom para a vaidade nacional que apreciará a limpeza na região dos quadris reservando todas as atenções para a boa silhueta.


VIVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO