Interpretações com bossa para as brasileiras

A pegada setentista no universo denim trouxe de volta o “mise en scene” das calças com modelagem flare. Nos editoriais globais, na topshop e H&M seu principal visual é a fisionomia five-pockets ou mesmo com bolsos externos. Economia nos detalhes de moda, e um toque da tradicional linguagem do jeans através do índigo intenso, ou de lavagens claras com puídos, lixados e devorês. Assim a tendência é colocada nas principais influências para o ciclo de lançamentos.


Entretanto as preferências vaidosas das brasileiras ampliam esse pensamento para criações mais trabalhadas. Sugerimos recursos como tachas, bolsos-relógio diferenciados, pespontos decorativos, e mesmo o mix de diferentes tecidos em grandes áreas, lembrando referências “cowboy”. As barras, podem ganhar detalhes notáveis como grandes recortes, em posicionamentos que evitam sua alteração mesmo com “ajustes” de comprimento.


Cós largo, botões enfeitados, e novas fisionomias também são oportunidades de realizar versões brasileiras para o jeans flare, mais decorativas do que a proposta original, focando gostos e preferências nacionais.

VIVIAN DAVID / CROQUIS: VIVIAN DAVID