Jeanologia lança planta de tratamento sustentável para o denim

Denim feito com 100% de sustentabilidade: atualmente tal meta representa uma verdadeira obsessão na indústria da moda global. Desta demanda por acabamentos eco-elegantes focados no jeans, nasceram empresas como a Jeanologia, lançando para o mercado tecnologias de beneficiamento como o laser, Ozônio (G2 seco e molhado) e as nanobolhas (e-flow): sempre com percentuais de insumos naturais mais brandos, cada qual contemplando um tipo de acabamento – porém longe de alcançar o status de reaproveitamento total.



Na mais recente edição da feira italiana ITMA – evento influente que lança para o mercado global o que há de mais recente no território de máquinas e equipamentos têxteis – a companhia espanhola inovou apresentando nova lógica. Desta vez, ao invés de propôr uma máquina ou tecnologia nova em si, estabeleceu uma planta, na qual uniu todas as tecnologias anteriormente mencionadas otimizando ainda mais a as possibilidades de reaproveitamento.



Intitulada pela companhia de ZERØ®, a planta de tratamento inteligente é capaz de produzir jeans alcançando o tão sonhado percentual de 100% de sustentabilidade, já que toda água empregada é reaproveitada, e o processo completo dispensa tanto o uso de produtos químicos quanto de pedra-pomes. De acordo com a companhia, a combinação eficiente das diferentes tecnologias já lançadas neste novo layout reduz o uso de água e produtos químicos em 90% e o consumo de energia em cerca de 50%, e poderia trazer uma economia de 90% na água utilizada a cada ano no total da produção global de denim.


VIVIAN DAVID | FOTOS: REPRODUÇÃO