Jeans decorativo não-repetível é item desejo do Verão 2017

O desejo por um jeans mais refinado, pelo denim com leituras ricas e ornamentais, e o segmento jeanswear como um todo se posicionando como uma valiosa e refinada linguagem de moda. As primeiras influências para a temporada equivalente ao Verão 2017 nacional já começam a ganhar visibilidade nas feiras globais, e apontam para a importância da calça decorativa, dotada de mise en scène, com status de peça especial e não repetível para o guarda-roupa pessoal, como um visual importante e numeroso nas coleções.


O apelo de moda encarregado de conferir notabilidade às peças visivelmente se divide entre três conceitos distintos: da aparência enfeitada que lembra o desenho da renda, passando pelo visual “acolchoado” lembrando o matelassê, até o discernimento de um padrão clássico revelado na sutileza do toque e brilho da resina.


Na calça branca e nos coloridos predominam desenhos compostos por relevos e saliências que não alteram a tonalidade do tecido, preservando seu apelo minimalista. Já nos índigos destaque para o experimentalismo da associação da lavagem com algum artifício decorativo, como um bordado localizado produzindo relevo, um desenho pespontado variando as nuances do pigmento índigo, o preenchimento de alguma área com pregas puídas, estampas com toque em áreas localizadas simulando a presença de patches, ou efeitos de lavagem produzindo “sujeirinhas” laterais com jeitão de microestampa.


Nas peças mais poluídas com desenhos lembrando a renda, a técnica principal é a aplicação de um devorê com desenho refinado, ou mesmo a escolha de um tecido já estampado, acrescida da sobreposição de camadas de texturas em bordados e aplicações de enfeites. A poluição enfeitada é a linguagem predominante, onde o excesso é tamanho que se torna uma aparência neutra com cara de jeans trabalhado ao extremo, lembrando o distressed.


Por fim, temos o mix de tecidos nas tonalidades grafite e black, onde as texturas são mais delicadas e clássicas, e aparecem reveladas pelo toque sutil da resina. Entre os padrões deste repertório mais sóbrio estão o xadrez estilo príncipe de gales, riscado, pied de poule, e desenhos lembrando pele de jacaré falhada.


ViVIAN DAVID / FOTOS: EQUIPE GUIAJEANSWEAR