Leitura de formas, key items e comprimentos pelos editoriais

A importância dada ao denim nos editoriais de moda das mais diversas e influentes revistas vem sinalizando para uma ótima oportunidade que se anuncia. Trata-se da ampliação das coleções no segmento. O índigo vem “abocanhando” um espaço maior no mix de produtos de moda, transformando-se na matéria prima desejo da temporada. Se antes pensávamos em calças, coletes, shorts, macacões saias e jaquetas básicas hoje inventam-se peças através recursos de modelagem.


Fazem parte desse novo mix, os tops para o verão, e no contraponto, os sobretudos longos e sofisticados para o inverno. Todas peças de fácil confecção. Também os conjuntos e tuxedos são peças “trendy” da temporada, e felizmente para quem trabalha no segmento jeanswear, a versão cobiçada é em denim. Há também a nova volumetria com modelagem circular, que cria fits inéditos e empresta forma à “batinhas” cropped, como a do editorial Elle Suécia.


Muitos publicações elegem peças bastante conceituais mas por trás da complexidade há o aspecto da maior visibilidade para a informação chave da tendência trabalhada. É o caso do editorial Dazed&Confused que propõe ombros mais imponentes, e maior volume na parte superior da produção. Um pouco de grunge com jeitão de alta costura, também pode ser percebido pelos picotados e desfiados, e pelo vestido longo com visual reciclado. Os tops, novamente aparecem, junto com o visual de inverno nas produções “triple-denim”.


Há uma nova volumetria que se anuncia, tão escultural quanto a circular, porém reta e masculina, agora trazendo o formato quadrado. Note-se os volumes na parte superior, a busca por texturas no jeans, e atualização ou invenção de novas peças através de comprimentos muito longos ou mais curtos do que o habitual, estilo top. A cintura alta, ganha belos desdobramentos, esclarecedores para a criação do fit com visual chic e estampado.


O mix do denim com jeitão de editorial já começa a influenciar os catálogos das marcas globais. Nos lookbooks de verão, já se percebem peças que fogem bastante ao mix convencional a exemplo do conjunto da Liu Jo, vestido e saia lápis circular da Penny. Na moda de rua internacional, os sobretudos à la Miu Miu ainda fazem sucesso. Aproveite nossa galeria de imagens, para pensar como transformar peças básicas, através do volume ou compriento, para alcançar o visual “editorial de moda”.


VIVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO