Malwee é apontada como marca nacional mais transparente em sustentabilidade

Pelo terceiro ano consecutivo, a Malwee foi considerada a brasileira mais transparente, pelo terceiro ano consecutivo, em aferição do Índice de Transparência da Moda (ITM), do Fashion Revolution Brasil. O levantamento avalia e posiciona as marcas de acordo com os dados e informações que estas tornam públicos com relação às suas ações em temas de responsabilidade socioambiental.

Para alcançar o resultado, o levantamento analisa a disponibilidade de informações oferecidas pelas empresas nas categorias “Políticas e Compromissos”, “Governança”, “Rastreabilidade”, “Conhecer, Comunicar e Resolver” e “Tópicos em Destaque”. Neste ano, foram avaliadas 40 marcas, entre elas, marcas globais, como a C&A, mas que atuam no mercado brasileiro.

A marca global ocupa a primeira posição do ranking, seguida pela Malwee, que é a marca brasileira a ocupar, portanto, o posto mais elevado na lista. pontuação média foi de 21% entre as empresas avaliadas. Já o selo brasileiro de moda do Grupo Malwee teve pontuação de 68%.

“Para a Malwee, o ITMB (Índice de Transparência da Moda Brasil) é um levantamento de grande importância para entendermos o cenário da indústria da moda em quesitos fundamentais para a prestação de contas para os consumidores e para a sociedade, especialmente no que se refere às suas práticas sociais, ambientais, de diretos humanos e trabalhistas. Comunicação é poder para o consumidor!”, observa Guilherme Moreno, gerente de marketing da Malwee.

Vale destacar que, além da boa colocação no Índice de Transparência da Moda Brasil, a Malwee é a única marca brasileira a figurar no último ITM global, referência internacional em sustentabilidade, sendo reconhecida como uma das 20 marcas mais transparentes do mundo.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução