Malwee lança o jeans ‘mais sustentável do Brasil’

Seguindo o posicionamento “Moda Sem Ponto Final”, lançado recentemente, a Malwee acaba de lançar o jeans “mais sustentável do Brasil”. O tecido é produzido com uma redução de no mínimo 80% de uso da água no processo fabril, podendo chegar a até 98% menos água utilizada durante a sua produção (o equivalente a um copo de 200 ml).

As peças são fabricadas sem químicos nocivos ao meio ambiente, comumente utilizados pela indústria têxtil. Em substituição a eles, a marca passou a utilizar químicos orgânicos.

Até a aviamentação foi repensada: a Malwee trocou etiquetas convencionais por materiais reciclados. Os tecidos também foram desenvolvidos para garantir maior conforto, vestibilidade e durabilidade, fabricados com tecnologia flex jeans, que garante a não deformação das peças durante o uso.

“É uma revolução na forma de produzir o jeans. Uma vez que o processo convencional de lavanderia possui alto impacto ambiental, consumindo muita água, químicos nocivos e energia, nós queremos conscientizar a indústria têxtil e de moda em geral, e principalmente os nossos consumidores de que é possível produzir de um jeito diferente, de forma mais sustentável, durável e com preço acessível”, defende Patricia Calixto, gerente da marca.

Uma das grandes inovações por trás do novo Malwee Jeans é a utilização de laser para reproduzir os efeitos de tingimento e desgastes nas peças. Esses efeitos são desenhados em um software e aplicados por um equipamento de alta precisão. O uso dos feixes de laser nessa fase do processo elimina grande parte da água e químicos nocivos, que seriam utilizados num processo convencional.

O lançamento conta com peças de diferentes modelagens e cortes, incluindo as famosas flare, mom e boyfriend. O destaque da linha, porém, fica a cargo da skinny e da modelagem push up, os carros-chefes da marca.

“Pensamos em diferentes corpos e em diferentes estilos para criar o jeans com a melhor experiência de uso possível. O jeans é um ícone atemporal da moda e faz parte do dia a dia de todos nós. Nenhuma peça do nosso guarda-roupas é tão coringa quanto ele”, reforça Patricia.

As peças podem ser adquiridas a partir desta quinta-feira, dia 3 de dezembro, no e-commerce da marca e também nas principais lojas multimarcas que vendem a Malwee em todo o Brasil.

Fonte: Redação | Foto: Divulgação