Marcas investem na versão índigo de produtos de lifestyle

Descobrir novos nichos para ampliação do mix ofertado em denim: definitivamente esta é

uma sacada de grande valia. Se pudéssemos definir tal lógica em um ditado popular;

provavelmente chegaríamos a uma frase semelhante à “tudo o que o

denim toca, vira ouro”…E assim as marcas tem tornado cada vez mais

direta a compreensão de que suas coleções respiram e inspiram denim, ao expandirem o

mix de produtos no material também para linhas de acessórios, footwear e produtos

relacionados à lifestyle.



Assim, para além de sacolas, bolsas e chapéus; os ambientes de marcas referências

proporcionam inspiradoras interpretações do material nos mais impensáveis objetos,

seguindo os temas da estação. Das inspirações setentistas, temos brincos, almofadas

místicas, rasteiras étnicas e sacolas decorativas; cuja beleza e funcionalidade superam

bolsas convencionais. A moda essencial, por sua vez, resgata o valor

dos sapatênis, das alpargatas, e do estilo das bolsas de viagem onde o denim alia-­se ao

couro para refinar a leitura final.



A idéia da ampliação de produtos ofertados em denim invade também

o segmento infantil, onde os chapéus tornam­-se o alvo mais cativante para as

interpretações. Com flores, pespontos e desenhos vintage antiguinhos de boinas; marcas

como Maximo Kids comunicam a força dos produtos relacionados ao jeanswear,

conferindo assim, maior apelo comercial às suas coleções.



Para quem deseja fortalecer a mensagem do estilo de vida do público trabalhado, e ao

mesmo tempo afirmar consistência do mix confeccionado em denim; apresentar

conveniências para o respectivo target em versão índigo é uma

excelente fórmula: da mala de viagem à capa do celular, da pulseira à rasteira, do

ursinho ao chapéu best­-selfie. Confira uma prévia da pesquisa realizada pela nossa

equipe, com idéias inspiradoras para agregar valor às coleções.

VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR