Mash investe em linha casual para o segmento masculino

No começo da semana, a Mash apresentou sua nova coleção de roupas masculinas para a impressa. A empresa que já tinha investido em meias femininas e infantis, sungas e pijamas, agora deixa de estar apenas na seção de roupa íntima para compartilhar as araras de camisetas, pólos, shorts e bermudas masculinas com outras marcas do segmento.

Em vista de minimizar custos e riscos, Jonas Waisberg, diretor da Mash, afirmou que essa primeira coleção foi toda produzida na China: “Queremos experimentar e saber da aceitação antes de fazer o investimento em produção”. A expectativa é de que a nova linha represente 5% do faturamento da empresa e cresça para 25% até o final do ano.

As peças, que têm valor inicial de R$ 39,90, serão vendidas nos varejistas parceiros e no e.commerce da marca, lançado em julho deste ano. Ao ser questionado sobre a intenção de investir em lojas próprias, Jonas Waisberg afirma que essa iniciativa está nos planos, mas a empresa não tem nada concreto sobre isso. Por enquanto, a única loja que leva o nome da Mash, está localizada no Shopping Pátio Higienópolis em São Paulo.

Sobre a Mash
A Mash, há mais de 40 anos, é referência no mercado de underwear masculino, fabricante de cuecas, meias, sungas e pijamas. Com coleções direcionadas ao universo masculino, desenvolve também produtos para o publico infantil, baby e feminino. O grupo possui um mix diversificado, incluindo marcas licenciadas como Chilli Beans, Colcci e Rusty, além de Bad Boy, destaque no universo de MMA e UFC. O parque industrial Mash está localizado em São Paulo e possui mais de 25 mil metros quadrados, com capacidade produtiva de um milhão de peças por mês.

MARINA COLERATO | FOTOS: DIVULGAÇÃO