Moda masculina irreverente e clássica no Inverno 17

Durante sua palestra na última edição do Senac Moda Informação, o consultor de moda Maurício Lobo ressaltou os contrastes na moda masculina que passeia entre o estilo clássico, sofisticado e elegante mas também por referências rebeldes e criativas com muitas formas overs, principalmente nos tops. “É um verdadeiro free style na alta-costura, passando pelo comportamento da cultura hipster e finalizando em uma total liberdade de expressão”, afirma Mauricio.


Dentro do tema Boho Dream o jeans surge com muitos bordados. As calças chino vêm com acabamentos internos com detalhes coloridos, contrastes no viés ou estampas étnicas. Nos tops o denim é super leve (no máximo 7oz) e ganha jaquetas alongadas e camisas com detalhes de costuras com inspiração tanto no western quanto no workwear vintage. Os patches surgem renovados com referências vindas de diferentes locais.


No Free Rebel o conceito rocker, punk e grunge traz muitas calças skinnies com elastano e extremamente detonadas e rasgadas, seja na sarja, seja no jeans ou black jeans, além de estampas camufladas e xadrezes. Dentro do tema New Order surgem costuras em relevo, recortes nos fits slims e calças cargo com bolsos laterais e amassados.


Peças-chave: entre as calças destaque para a skinny e a super skinny. A five-pockets continua com detalhes diferenciados. O público moderninho abusa da bikers e da jogging com cadarço e elástico no cós no denim moletom que pode vir com efeitos destroyers. Entre as jaquetas a trucker ganha puídos, patches e as bombers fazem sucesso em diferentes tecidos. As t-shirts com recortes quadrados destinadas ao público mais jovem ganham detonados e reservas de cor. As camisas vêm com bordados estourados, barras desfeitas ou com capuz e cadarço.


Lavanderia: nos tons médios e claros surgem muitos efeitos de puídos e rasgos ou sky bleach. “Porém, é importante dizer que o sky não é mais o destaque, ele tem de ser usado com intensidade moderada, apenas para dar leves nuances, preparando a calça para os efeitos de used, laser, 3D, entre outros”, diz Maurício.


As calças ainda podem vir com resinados, sobretingimentos, espatulados ou no azul intenso, somente amaciado. Os patches por baixo dos rasgos continuam em alta, assim como os que mesclam tecidos em diferentes tonalidades. Entre os detalhes surgem ferragens nos bolsos, etiquetas, bolsos e botões diferenciados.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR / REPRODUÇÃO