Moda tropical, urbana e esportiva para o Verão 2017

O ciclo da moda dá voltas – cada vez mais rápidas – porém sem grandes rupturas entre temporadas. Atualmente nada mais é totalmente novo, tudo é permitido, tudo é revisitado, tudo é mesclado e pode estar em alta por algumas estações, porém sempre de um jeitinho diferente, seja uma nova estampa, um tecido tecnológico, uma cor tendência, ou um detalhe a mais. É tudo isso que gira a engrenagem do mundo fashion com uma rapidez de informações que muitas vezes são jogadas nas araras (e retiradas delas) numa velocidade maior do que o nosso poder de compra.


Com o intuito de captar todas essas pesquisas em viagens às principais capitais mundiais, aconteceu esta semana mais uma edição do Senac Moda Informação, evento voltado aos varejistas, estilistas, designers, compradores e profissionais de marketing em confecções, com palestras para os segmentos feminino, masculino, infantil e de acessórios. Grandes mudanças acontecem de tempos em tempos e, já estava na hora de surgir novos ares, deixando de lado um pouco o foco nos anos 70 e em etnias distantes, trazendo como elementos principais as décadas de 80 e 90 com suas formas ora exageradas, ora minimalistas. Confira os principais temas da estação.


Golden Sunset: Aqui o Brasil se encaixa perfeitamente, com suas lindas praias, sol escaldante, natureza exuberante, fauna e flora marítimas e o aspecto artesanal tão característico do nosso povo. Mas não é só isso: a moda ainda busca referências em outros povos latinos como os mexicanos e cubanos e suas cores e estampas vivas. As formas são confortáveis em vestidos e saias longas, shortinhos, tops croppeds, babados e decotes de ombro a ombro. As cores giram em torno do amarelo, laranja, azul mar, azul celeste, verdes de pedras preciosas e terrosos. Aqui entram tecidos como o índigo principalmente na flare ou skinny raw ou no branco, lurex, linho, chiffon, seda e malhas texturizadas em algodão.


Manhattan: A parte mais urbana desta temporada traz referências aos anos 90 onde menos é mais dentro deste lifestyle contemporâneo. Aqui entram influências militar, das lingeries, design esportivo e alfaiataria em peças que valorizam o conforto e a praticidade com poucas estampas como listras e geométricos ou texturas diferentes. Destaque para os vestidos tubinho, saias bodycon e tops lingerie. Aqui o denim vem com aspecto mais clássico e com poucas interferências. Entre os tecidos temos os cetins, rendas, seda, sarja acetinada, couro, algodão com elastano e paetês. Os tons vão do pérola, rosê, musgo aos azuis, vermelho, coral e preto.


Street Connection: Uma miscelânea de estilos e referências permeia este tema: redes sociais, cultura pop, rock, hip-hop, futurismo, romantismo vitoriano e toques retrôs dos anos 50 e 60, tudo junto e misturado como a moçada (e os mais velhos também) adoram. É o mundo atual ditando moda com referências românticas ou modernas que surgem em vestidos e saias curtas, calça cenoura, skinny, camisetas e regatas alongadas, muitos shortinhos e macacões. No jeans temos calças como obras de arte com estampas grafitadas ou pinceladas. O estilo grunge traz peças confortáveis em modelagens maiores. Há ainda uma profusão de patches conquistados em lavanderia. Os tecidos variam de malhas texturizadas à sarja, moletinho e couro. As cores passeiam entre o branco, preto, rosa, azul royal, cinzas, pink e verde elétrico e metálicos.

VANESSA DE CASTRO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR