Movimento HotSpot anuncia os ganhadores.

Havíamos falado aqui no blog sobre a última etapa do Movimento HotSpot, que aconteceu em São Paulo seguida pela premiação dos vencedores no dia 31 de julho. A principal categoria da noite, Ideia, contou com 3 ganhadores sendo Manuela Yamadá com o Projeto Botiá, a levar o grande prêmio de R$ 200.000,00 para casa. As embalagens sustentáveis da carioca chamaram a atenção dos jurados pelo seu material inovador 100% natural e bio-compatível, feito através da fibra de coco verde.

Na categoria moda, as mineiras Laura e Lorena Vieira conquistaram o prêmio de R$ 150.000,00 com a coleção Em Construção: “Com restos de retalhos, de tecidos e aviamentos, fomos costurando os fragmentos, e reconstruindo as superfícies formatando uma “roupa gambiarra”, um processo informal tipicamente brasileiro, no sentido do improviso possível”. As irmãs também afirmam não pensar em um processo criativo delimitado por estações e sim em peças atemporais, de modo a suprir as necessidades e demandas do guarda roupa feminino no dia a dia.

Outro projeto que ganhou destaque nos olhos da WGSN foi o Bicicletovela Anfíbia de Argus Caruso Saturino. O nome é quase literal: uma bicicleta a vela e anfíbia, capaz de trafegar tanto pela terra quanto pela água sem necessidade de pedalar. A diretora da WGSN da América do Sul, Andrea Bisker, afirmou que além do projeto sustentável, a mente criativa, o espírito de liderança e a paixão pelo trabalho, foram fatores de peso para a escolha do vencedor. O carioca irá para a reunião anual da empresa em Londres, onde todos os coolhunters ao redor do mundo se encontram para discutir e definir as macro-tendências com dois anos de antecedência.

Vale a pena conferir a lista de vencedores da premiação direto no site do Movimento HotSpot e se você tem algum grande projeto em mente, fique conectado e não perca a oportunidade de participar da próxima premiação.

Por: Marina Colerato | Imagens: Reprodução