Novas tecnologias e sustentabilidade foram temas do Lycra® Trend Session Jeanswear

A The Lycra Company promoveu ontem (14/10), em formato online, o Lycra® Trend Session Jeanswear 2021, com mediação de Silvana Eva, gerente de marketing da empresa e os profissionais, Adriana Morasco, vice-presidente para América do Sul da companhia, Denise Sakuma, diretora global de Ready to Wear da The Lycra Company e Jocimar Fae, responsável pelo marketing técnico e desenvolvimento jeanswear da Lycra®.

Como convidados estiveram presentes, Renata Guarniero, gerente de marketing da Vicunha, Cristiane Ziger, estilista da Lez a Lez, e Roni Almeida, gestor do núcleo jeans das marcas do Grupo Lunelli.

A quarta edição do evento trouxe as principais tecnologias para o segmento jeanswear e os últimos lançamentos, além do atual cenário no mercado mundial. “A indústria do denim está em meio à uma revolução. Em um mundo pós-Covid, os consumidores mais do que nunca estão conectados com a validade das histórias e os valores que as marcas estão promovendo para eles”, afirmou Silvana Eva.

E a The Lycra Company vem trabalhando dentro desse cenário com foco em toda a cadeia, na questão da sustentabilidade, das pessoas, ética e novas tecnologias. O fio Lycra® começou a ser utilizado no segmento denim há 41 anos e desde então, surgem diferentes inovações que se adequam às necessidades dos consumidores.

Entre os lançamentos, destaque para o fio Lycra® Ecomade, produzido no Brasil, chegou ao mercado esse ano e, é o primeiro fio da empresa fabricado com 20% de material reciclado pré-consumo – sobras de produtos coletados nos locais de fabricação e misturadas com o fio virgem.

Este processo reduz o desperdício, colocando o material de volta em produção. Além disso, tem uma excelente performance, oferece o mesmo conforto e liberdade de movimentos que o fio original Lycra®. A empresa disponibiliza uma nova etiqueta para comunicar a tecnologia ao consumidor final.

A empresa oferece ainda outros fios para o mercado jeanswear. São eles:

• LYCRA® T400 desenvolvido para proporcionar elasticidade, maior recuperação e durabilidade, além de conferir um toque mais leve e macio que fios texturizados usados para elasticidade.

• COOLMAX® com tecnologia que oferece conforto térmico e ajuda o consumidor a se sentir fresco e seco durante todo o tempo de uso, além de manter a forma por mais tempo.

• LYCRA® XTRA LIFE™ foi desenvolvido para evitar deformações das peças e manter sua forma por mais tempo.

• LYCRA® BEAUTY com tecnologia que modela a silhueta e valoriza as curvas, sem abrir mão do conforto e sem restringir os movimentos.

• LYCRA® XFIT com tecnologia que propicia conforto 360º que acompanha os movimentos do corpo com menor encolhimento. Promove elasticidade em todos os sentidos, pois utiliza o fio Lycra® tanto na trama quanto no urdume.

• LYCRA® FREEF!T® desenvolvida com base em dados da pesquisa para a Lycra® , em que foi constatado que 32% das consumidoras brasileiras responderam que as calças não ofereciam o ajuste que elas estavam buscando. A tecnologia propicia um stretch gradual aos tecidos, com alto poder de recuperação e baixa força de compressão, alta manutenção da forma e atende uma gama maior de tamanhos, possibilitando a confecção de peças com um ajuste impecável ao corpo e extremo conforto.

A marca Lez a Lez, parceira da Lycra® sentiu a diferença em suas peças e a boa aceitação dos consumidores ao utilizar os fios da empresa.

“O fio Lycra® XFIT veio para somar aos nossos produtos. Não existia nenhum tecido que esticasse para os dois lados e conferisse liberdade de movimentos, além da modelagem que veste super bem. Nossas consumidoras buscam vestibilidade, facilidade ao vestir e a possibilidade de usar a peça o dia inteiro, com conforto”, comenta Cristiane Ziger, estilista da Lez a Lez.

A marca está lançando uma nova coleção dentro da linha Elastic Denim com calças que ganham cintura alta ou super alta, shapes croppeds e a jegging com zíperes frontais. Segundo Roni Almeida, gestor do núcleo jeans das marcas do Grupo Lunelli, da qual a Lez a Lez faz parte, foram produzidas novas lavagens com fits que se encaixam perfeitamente no corpo feminino.

Seguindo o mote da sustentabilidade, a Lez a Lez também oferece peças com botões produzidos a partir de materiais reciclados de garrafa PET e etiqueta de cós de sobras de outros materiais.

Já a Vicunha irá lançar em novembro três novas bases com o fio Lycra® Ecomade – uma no denim e duas no denim colour seguindo o conceito upcycling numa combinação de diversas fibras sustentáveis como o Tencel® Re-fibra produzida a partir da celulose que utiliza os resíduos de algodão e madeira, o poliéster derivado de garrafas PET, algodão reciclado e o fio Lycra® Ecomade. O tingimento ainda é produzido à base de resíduos naturais de fontes renováveis como casca de amêndoa, castanha, entre outros, que seriam descartados.

“O consumidor está cada vez mais conectado, bem informado, ligado nas questões de sustentabilidade, procuram por transparência, uma produção justa (….) O fio Ecomade veio numa hora muito boa, agora conseguimos ter produtos com stretch e também sustentáveis”, afirma Renata Guarniero, gerente de marketing da Vicunha que ainda comenta que a sustentabilidade faz parte da empresa há muitos anos e em todos os aspectos. Além disso, a empresa busca por eficiência nos processos unindo novas tecnologias em seus produtos que possam ser trabalhadas em lavanderia em peças bonitas e com beneficiamentos inovadores.

A retomada

Em um bate-papo entre Adriana Morasco, vice-presidente para América do Sul da companhia e Denise Sakuma, diretora global de Ready to Wear da The Lycra Company, as profissionais destacaram o retorno do produto ao mercado que foi um dos primeiros a ter uma queda logo no início da crise, e sua aceleração e crescimentos atuais.

“Agora estamos em uma retomada de qualidade e não quantidade e essa tendência segue com uma maior durabilidade e tecidos inteligentes onde o consumidor busca por produtos mais sustentáveis”, diz Denise.

Segundo Denise Sakuma, a empresa vem desenvolvendo soluções premium no mundo todo oferecendo sempre conforto e tecnologias que conferem maior durabilidade, forma e caimentos perfeitos, sem esgarçar ou lacear, como se a calça estivesse nova por mais tempo. “A retomada de produção e venda de tecidos com stretch que trazem conforto foi muito mais acelerada do que os rígidos”, diz Adriana.

Comentou-se também sobre a falta de matéria-prima e o alto crescimento do mercado, mas todos concordam que essa ascensão rápida será temporária, para cobrir estoques e, que no ano que vem a produção se normaliza.

Denise contou ainda sobre a nova tecnologia da empresa que foi lançada na feira de Xangai em um evento híbrido e que será apresentada na próxima edição da Kingpins e, que chega ao Brasil ainda esse ano. Trata-se do fio Lycra® Anti-Slip que soluciona o problema de fuga do elastano em tecidos denim.

“No ano passado fizemos um manual com muitas recomendações como forma de orientar sobre a fuga de elastano e, agora surge o desenvolvimento de um fio com poder de atrito maior, com mais aderência, reduzindo a fuga”, comenta Jocimar Fae, responsável pelo marketing técnico e desenvolvimento jeanswear da empresa.

O jeanswear, assim como a moda praia, são carros-chefes no Brasil e, segundo Denise, isto acontece porque quem trabalha com o denim – tecelagens, confecções, aviamentos – tem uma paixão pelo segmento e estão sempre em busca de novidades colocando o país como um dos principais deste setor. Porém, ela traz o problema do custo Brasil que diminui sua competitividade no mundo, mas ressalta o charme que só o brasileiro tem na produção do jeans.

Fonte: Vanessa de Castro | Fotos: Reprodução