O jeans fora da passarela do São Paulo Fashion Week

Nós acompanhamos o São Paulo Fashion Week com olhares atentos para a moda que estava rolando fora das passarelas. O evento, que aconteceu entre os dias 13 e 17 de abril, estava cheio de boas ideias para o denim e mostrou quais tendências as pessoas realmente aderiram ou estão em processo de aderir.


O jeans obviamente era o nosso foco e tivemos a chance de ver muitas meninas apostando no item de maneiras diversas. A peça-chave campeã foi, sem dúvidas, a jaqueta jeans, que apareceu mais alongada, em um híbrido de jaqueta-casaco. Elas ganharam também bordados, rasgos e estampas, as peças totalmente lisas foram minoria.


Outra peça favorita foi a calça flare, aparecendo em diversos looks. Não passou despercebido que o modelo escolhido pela maioria foi o da marca nacional Amapô. Com cintura alta e detalhes particulares, era possível notá-las de longe. A modelagem flare apareceu também nos macacões femininos, que não vimos com muita frequência, mas os poucos que vimos chamaram atenção.


Além da modelagem flare, os shapes boyfriend/girlfriend circularam no corpo dos fashionistas durante todos os dias do evento. O item apareceu sempre com rasgos e puídos, sem bem destroyed. Inclusive, essa estética destroyed apareceu também em jeans skinnies, com rasgos estratégicos nos joelhos.


O look total denim também foi eleito. Calça com jaqueta, calça com camisa, ou calça com camisa e jaqueta, tudo em jeans. Algumas produções fugiam um pouco do básico e tinham apelo mais trendy, como no caso da regata em jeans com calça flare com patchs.


Algumas early adopters, que não tivemos a chance de fotografar, mas estavam pelo evento, adotaram a calça wide cropped (ou culote) em jeans. Vale ficar atento nessa tendência se o seu público de marca te dá essa abertura.

MARINA COLERATO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR