O mesmo desenho com novas caligrafias

Se no papel letra bonita é limpa e alinhada no denim uma boa rasura tem seu valor especialmente quando tal rabisco inventa caligrafias inéditas para desenhos de filigranas obrigatórios, herdados de temporadas anteriores.


A prova disto está guardada nos bolsos mais caprichosos das grandes marcas entre elas a Mustang, que mantém indefectível o seu desenho de filigrana mudando as cores de linha e também a “caligrafia” do ponto que hora segue a direção do desenho, hora vira rabisco com cara de cerzido manual.


Já marcas como G-Star repetem o traço em busca da perfeição: o resultado são desenhos largos e coloridos comunicando urbanidade nos bolsos traseiros.


Porém o bordado não é o único a produzir “rabiscos” nos bolsos traseiros marcas como a Strellson optaram por pespontos decorativos devidamente pontuados por travetes no final.


Mudar o “traço” pode significar também mudar o material: neste caso ao invés de linhas coloridas entram em cena cristais e aplicações de metais para comunicar a marca com o devido capricho.


Destaque para as propostas de marcas como Firetrap, Tough e Lee Cooper que mesclam movimentos colocando mais de um filigrana no mesmo bolso em diferentes cores de linha. Confira as fotos.


VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR