PCB – Fabio Bartz, Lucia Figueredo e Sinistra – Inverno 2010

Nesta terça, 23, aconteceu a segunda noite de desfiles do Paraná Fashion Business Collecttion. Foi um dia de propostas para jovens, embora para diferentes faixas etárias, estilos e ocasiões. Confira as coleções.

Fabio Bartz

O cenário é sombrio. Galhos de árvores estão espalhados pelo ambiente, assim como luzes. Dois beliches cinza compõem a passarela. E uma fonte, com água de verdade, dá boas-vindas aos modelos. Assim é o desfile de Fabio Bartz, que rouba a cena.

Inspirado pelos quadrinhos destinados aos adultos – Sandman – o estilista até utiliza de onomatopeias das histórias, como o zzzz de um personagem dormindo, para confeccionar suas estampas. Os shapes não trazem tanta novidade, mas estão inegavelmente cheios de detalhes. Transparências para eles e elas, assim como a mistura de renda com tecidos de alfaiataria foram boas apostas.

Casacos estruturados, macacão e coach em moleton, skinnies em sarja e lamê, vestidos em cetim, casacos em lã com aplicação em organza, entre outros. A coleção tem muitas propostas para agradar a diferentes gostos do público jovem. E promete!

Lucia Figueredo

As femme fatales de Lucia Figueredo não estão para brincadeira. Para a estilista, o mais é MAIS e a exuberí¢ncia compí´s todo o desfile. Brilho, muito brilho – em brocados, bordados, paetês. Decotes, sempre profundos deixando as costas quase toda de fora. Fendas, ousadí­ssimas que deixavam quase toda a perna í  mostra. Até a trilha sonora estava nas alturas!

Os tecidos são sempre nobres como a seda, o chiffon e o lurex. Ombros aparecendo em decotes gregos ou marcados, estruturados por penas ou palas bordadas. A cartela é bem invernal: preto, vermelho, roxo, prata e dourado. Lucia Figueredo também investiu na animal print nas versões camel e rosa.Na beauté, cí­lios postiços longuérrimos e boca vermelha matinham a linha da extravagí¢ncia.

Sinistra

A sorte foi lançada pela Sinistra. Baseando-se no destino e trazendo um trevo de quatro folhas í  passarela, a marca mostrou aos espectadores uma moda comercial. As modelos traziam boinas e meias 3×4, que enfatizavam o ar lolita da coleção.

Muitos casaquetos e shorts, xadrez e skinnies. As camisetas e vestidos em malha, soltinhos, também fizeram o inverno da Sinistra. Na cartela, verde, roxo, cinzas, bege, vermelho, preto e branco. A marca também apostou na volta dos lenços – principalmente os marroquinos. Basta saber se o público ainda investirá nos acessórios tão utilizados na estação passada.

MARCELA LEONE | FOTOS: DIVULGAí‡íƒO