Pioneira no jeanswear, Gloria Vanderbilt morre aos 95 anos

Em seus 95 anos, Gloria Vanderbilt colecionou inúmeros títulos. Artista, atriz, modelo, estilista herdeira, pintora, socialite e pioneira no mercado jeanswear, a norte-americana faleceu nesta segunda-feira. Trineta do financista Cornelius Vanderbilt, teve sua morte anunciada pelo filho Anderson Cooper, jornalista da CNN, em um obituário em primeira pessoa na emissora.

“Gloria Vanderbilt era uma mulher extraordinária, que amava a vida e vivia em seus próprios termos”, disse seu filho no comunicado. “Ela era uma pintora, escritora e designer, mas também uma notável mãe, esposa e amiga. Ela tinha 95 anos, mas pergunte a alguém próximo a ela, e eles dirão a você, que ela era a pessoa mais jovem que conheciam, a mais simpática e a mais moderna”, completou.

Com sua vida narrada pelas manchetes, Gloria foi chamada de “pobre menina rica” pelos tabloides e superou tragédias pessoais. Nascida em 1924, em uma das famílias mais ricas dos Estados Unidos, perdeu o pai alcoólatra com menos de um ano e meio e enfrentou uma batalha na justiça entre a mãe e uma tia por sua custódia e herança, ainda na adolescência.

Na moda, Gloria Vanderbilt teve seu grande ápice no final dos anos de 1970, quando lançou sua linha de jeans. Os modelos eram justos e levavam sua assinatura bordada no bolso de trás, além de ostentar um pequeno cisne no bolso interno da frente, em referência ao primeiro papel da artista em “The Swan”, de 1954.

A linha jeans de Vanderbilt chegou a ser a mais vendida nos Estados Unidos em 1979, superando marcas como Calvin Klein, Jordache e Sasson. A grande artista – em inúmeros sentidos – provou que não precisava de um background de design formal para ser um designer fantasticamente bem-sucedido.

Ainda que a empresa que leva seu nome ainda exista, Gloria Vanderbilt não teve um gran finale em sua aventura na moda. Segundo a mesma, foi defraudada por seu advogado e psiquiatra, que fugiu com quase todos os seus ganhos de moda e a deixou devendo milhões em impostos atrasados.

A Gloria Vanderbilt Apparel Corporation foi comprada pela Jones Apparel Group, em 2002, por 100 milhões de dólares. A norte-americana já tinha vendido os direitos sobre seu nome antes, deixando seu cisne e sua assinatura para trás, e retornando para outras formas de criatividade.

Gloria morreu em sua casa, em Nova Iorque, cercada de amigos e familiares, devido a um câncer no estômago descoberto a cerca de um mês. Hoje nos despedimos dessa elegante personalidade, pagando tributo à sua importância no segmento.

Fonte: Redação | Fotos: Reprodução