Presidente da Google Brasil exalta multicanalidade em tempos de pandemia

Integrante do último painel da edição 100% digital da IntegrAbit, Fábio Coelho, presidente no Google Brasil e VP no Google inc., tratou sobre o “digital como aliado dos varejistas de moda durante a pandemia”. Durante o evento organizado pela Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, o especialista trouxe dados da plataforma que demonstram o comportamento de buscas e compras desde o período inicial da Covid-19 no Brasil.

“Os brasileiros recorreram à internet para ter decisões de consumo neste momento”, destacou Fábio Coelho. “O digital veio pra ficar. Antigamente, o brasileiro (médio) tinha muito medo de comprar online. Hoje, as pessoas perderam esse receio de consumir por meio da internet. Esse avanço dos canais digitais durante a pandemia vai levar a uma multicanalidade que pode demorar menos do que se esperava”, completou.

O avanço citado por Fábio Coelho indica que, nos últimos nove meses, a busca pelo digital atingiu rumos que não havia tomado em dez anos no país. “Muitas pessoas estão comprando (online) pela primeira vez, muita gente utilizando aplicativo ou site de lojas, WhatsApp, aplicativos de entrega. Isto mostra que nós vivemos em um Brasil mais digitalizado“, detalhou.

As empresas, segundo um dos insights apontados por Fábio Coelho, encontraram novos canais para continuar a vender durante este período delicado. Até aqui, varejistas encontraram caminhos para reinventar, priorizar e acelerar seu espaço no meio digital, visando alcançar usuários e consumidores em potencial que não podiam sair de casa – ainda no início da quarentena, quando o comércio físico permaneceu fechado em diversas partes do país.

“Com o tempo, as pessoas começaram a entender que talvez esta seja a natureza do comércio, que existam diversos pontos de contato. Não é uma coisa ou outra, mas uma coisa e outra”, afirmou presidente no Google Brasil e VP no Google inc.

As companhias não estão mais olhando somente a produção, mas acompanhando a evolução de sociedade, em temas como, sustentabilidade e gênero. “Cerca de 25% das pessoas acreditam que a moda está vinculada ao bem-estar. Tanto é que a busca por moda consciente aumentou 404%”, indicou o executivo.

Por fim, Fábio Coelho destacou a importância desta reinvenção atual e indicou a mudança de hábito do consumidor como definitiva após a pandemia. “A loja física tem que ser um centro de experiência. As pessoas vão pensar duas vezes antes de voltar aos hábitos anteriores”, finalizou.

Fonte: Thaina Barros | Fotos: Reprodução