Química Intensa realiza concurso focado em sustentabilidade na lavanderia denim

Economia criativa e desenvolvimento sustentável sempre estiveram em pauta na Química Intensa, empresa de produtos químicos para lavanderias no segmento jeanswear e têxteis em geral, que está no mercado há dez anos e mantém sede em Santana de Parnaíba.

Foi a partir dessa premissa que surgiu a pergunta: É possível produzir um jeans de forma sustentável? Para incentivar os profissionais na busca pelos melhores processos que visam o cuidado com o meio ambiente, surgiu a primeira edição do Blue Journey, concurso que reuniu 45 participantes de todo o Brasil, indicados pelas lavanderias, que produziram uma peça jeans dentro desse conceito.

“Criamos a Blue Journey para valorizar os técnicos de todo o Brasil  com foco na sustentabilidade. Quisemos unir o potencial desses profissionais ao tema”, afirma Vicente Campilongo Junior, diretor da Química Intensa. “Fizemos o convite para as lavanderias, que indicaram o candidato que iria desenvolver a peça, o qual demos o nome de eco designers. Eles receberam um kit de produtos dentro do tema – produtos químicos como desengomantes, enzimas, amaciantes. Indicamos a eles que usassem conceitos sustentáveis, com economia de água, de tempo, de produtos. Este foi o desafio”, completou.

A Química Intensa contou com a parceria da Vicunha, que disponibilizou o artigo Taiga que leva em sua composição, algodão, elastano, tencel, todos reciclados, um artigo 100% sustentável e mais delicado para se trabalhar em lavanderia.

A semifinal foi realizada no último dia 18 de de janeiro, no showroom da Vicunha, onde os jurados puderam conferir todas as peças. Participaram do concurso lavanderias de Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas, Espírito Santo, Recife, Fortaleza e Goiânia. Cada jurado avaliou um item, como sustentabilidade, acabamentos e visual.

“Isso possibilitou que o candidato que não usou o conceito totalmente sustentável, porém criou uma peça com visual bonito, tivesse chances na final”, afirma Junior.

Além disso, eles restringiram o uso de permanganato de potássio e hipoclorito de sódio. “Existem processos hoje, sustentáveis, os oxidantes, que podem substituir o permanganato entre outros, na hora de clarear as peças”, acrescentou o diretor.

Na semifinal, nove eco designers foram escolhidos e vão receber mais duas peças da Vicunha para a criação de um novo produto. A final acontece na Denim City São Paulo, onde Marco Britto, do Grupo GB, irá julgar os candidatos. O vencedor ganha um nebulizador de fabricação da Química Intensa, para processos sustentáveis.

Sustentabilidade e Química Intensa

Segundo Junior, a Química Intensa está sempre em busca de novas pesquisas em cima de produtos e processos mais sustentáveis. “Já temos uma linha toda direcionada a ZDHC (Zero de Descarga de Produtos Químicos, em tradução livre), produtos que não contém substâncias proibidas para o meio ambiente”, indicou.

“Somos uma das pioneiras a utilizar processos de nebulização para fazer do início ao fim os acabamentos no índigo através de um aparelho que em vez de gastar litros de água, economiza mais de 50% com a névoa. Nossos produtos são os que mais se adequaram a esse processo. Vamos lançar ainda no mês que vem, tingimentos através da nebulização, entre outros produtos”, completou.

O diretor ainda apontou a importância do concurso na união no segmento no Brasil. “Foi uma grande surpresa para nós, a empolgação e sucesso que temos visto com esse concurso. Desde o empresário, dono de lavanderia até os técnicos, o mercado, a mídia […] É impressionante como esse fator, sustentabilidade veio para ficar, é futuro, é promessa e a gente tem que brigar constantemente para manter isso cada vez mais”,

Confira os nove finalistas escolhidos para a final do Blue Jorney:

Talles, da John Cler;
• Marcelo, da CRW Lavanderia;
• Raul, da Lav Denim;
• Marquinhos, da Degrade;
• Marcos, da Lavipar;
• Jonathas, da Global;
• Coquinho, da Kazzo;
• Rafa, da Tomazoni;
• Nilson, da Lavanderia Cristal.

Fonte: Vanessa de Castro | Foto: Reprodução