Referências de formas e comprimentos para as saias de Verão

Um enorme respiro ao visual familiar do segmento jeanswear: esta é a libertadora tarefa

reservada às saias na temporada de Verão 2018. Somado à isso,

temos um cenário onde marcas que não trabalham com jeans, passam a adotar o denim

como material chave de suas cartelas, e encontram na confecção da peça uma

oportunidade perfeita para elevar seu mix. Acrescente-se à tal cenário o apelo de

urbanidade maior das saias em comparação com o short, e seu tom mais adequado para

transitar entre diferentes situações do dia-a-dia. O resultado será um espaço maior

dedicado à peça no closet de verão, fundamentado também nos diálogos do segmento

com o look esportivo, a estética de alta moda, e as inspirações relacionadas ao ambiente

urbano na estação.



Entre os caimentos que serão apresentados teremos o godê em denim

de peso leve, o shape justo da minissaia, o midi e o evasé comportado. O mood

setentinha continua ditando as formas e misturas de materiais mais femininos da

estação, abrindo caminho para amarrações, misturas com babados, rendas, cerzidos

com miçangas e a permanência do fechamento abotoado central. Já nas versões

ajustadas com bolsos embutidos, as saias atualizam-se por uma pegada mais funcional:

partidas ao meio por fechos, adotando o apelo utilitário do estilo cargo, ou alongando

suas medidas em prol de uma leitura mais contemporânea.

Já a estética relacionada ao universo esportivo, propõe peças mais curtas e trabalhadas, jogadas na

informalidade das lavagens claras; explorando principalmente detalhes de assimetrias, visual retorcido,

sobreposições simuladas e efeitos de barras desmanchadas. São modelos de

saias que vão bem com tênis, sneaker e camisetas de logomarcas

esportivas; mas também são capazes de mudar sua leitura para um look conceitual

devido às construções elaboradas que apresentam.



Da influência das paisagens de concreto nas coleções de jeans, temos

ainda uma variedade maior de minissaias em tingimento black e grafite nas araras: em

versões mais justas e encorpadas; aptas a transitar desde o look roqueiro de verão até o

esportivo fashionista da cidade grande. O resultado é um coringa capaz de cumprir o

papel de produção contemporânea de cidade, com o simples acréscimo de um moletom

ou t-shirt. Já em peso leve, teremos os tons acinzentados diluídos entre o visual cargo,

aspecto godê e jeitão de jogger. Nestes, a leitura final neutra e desleixada, conserva um

conveniente pezinho nos estilo grunge dos anos 90. Visual boho, utilitário ou esportivo:

serão muitas as influências da peça – porém em comum, todas pretendem propôr um

estilo que atravesse diferentes ocasiões e estações. Confira.



VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR