Renner traz reconexão com corpo, mente e mundo em nova coleção

A Renner decidiu se inspirar nos conceitos do movimento Nova Era e propôs uma imersão na transformação de corpo, mente e mundo. A nova coleção da marca para o Outono-Inverno 2021 traz a união de um estilo setentista, mais renovado e atual, com a estética minimalista e moderna.

A intenção da marca foi oferecer uma conexão com o natural, buscando a ampliação da consciência e do ser, para se entender como parte do todo. Por meio de peças chaves e tecidos naturais, a coleção oferece opções que podem ser usadas tanto no conforto de casa como em compromissos do dia a dia.

“A proposta dessa coleção converge com as atitudes e iniciativas que a Renner fomenta em todas suas ações – tanto internas, quanto externas. A natureza e o mundo ao nosso redor estão em constante transformação, assim como nós. Precisamos respeitar e acompanhar esses ciclos de mudança para conectarmos com nós mesmos e com o entorno”, disse Fernanda Feijó, diretora de estilo da Renner.

Entre os destaques estão bermudas, coletes, pantalonas e vestidos longos, além do super desejado conjunto total tricô – com adaptações para todos os microclimas brasileiros. Também chegam com força total o jeans e as túnicas que, combinadas com calça, compõem uma super tendência da estação. Já os florais, poás e xadrezes, como o grid e o vichy, trazem charme para a estamparia.

Na cartela de cores permeiam os neutros, terrosos e variações de off-white – que se conectam com a paleta acolhedora da natureza -, com realces apastelados, como rosas, azuis e amarelos; e tons intensos, como laranja e magenta, que trazem uma exuberância de forma aprimorada para a estação.

Já o estilo jovem da Renner sugere uma diversidade de peças com comprimentos mais curtos como vestidos, saias, bermudas e macaquinhos, que ganham ares fashionistas harmonizados com botas mais pesadas e sobreposições.

A linha ostenta um universo de matérias primas composto por diversas tramas: tricôs com fio fantasia, tweeds reeditados com uma pegada mais moderna, pelúcias aconchegantes, jacquards e matelassês. Carregada de conceitos da coleção, a jaqueta off-white com franjas é um dos itens “must-have” da estação.

Já o estilo romântico reaparece mais cool, com interferências divertidas, realçado por mangas bufantes, camadas e twin-sets moderninhos. Elementos tropicais seguem em alta, desta vez, mais invernais com fundos escuros e ares de camuflados.

O segmento masculino segue o flow abusando dos tons terrosos e neutros com pinceladas de pastel ácido. Com foco no new comfy, peças básicas e lisas protagonizam a estação com muita textura e tricôs variados. Nas produções invernais para eles, as apostas são os monocromáticos terrosos, fits confortáveis e o mix de moletom e alfaiataria.

Entre os utilitários destacam-se os tecidos tecnológicos e o macacão. Os acessórios reforçam a estética minimal com mini bags, toucas mais curtinhas, botas e coturnos. Nas estampas, alguns florais desconstruídos, pincelados e artísticos ficam em evidência.

Fonte: Redação | Fotos: Divulgação