Review das tendências apontadas pela feira

A moda masculina vive um grande momento. E essa não é uma afirmativa regional, mas global. As tendências do menswear parecem mais arrojadas, o mercado se mostra mais assíduo, logo: temos mais novidades; e por consequência: mais giro nos negócios do varejo. E uma das feiras que traz esse diagnóstico de forma mais clara, é justamente a influente Pitti Uomo: com seu apelo incontestável do bom corte italiano. A 92º edição da feira, que antecipou os trajes masculinos da vez para a temporada de Verão 2018 internacional; transcorreu em um cenário de calor, entre os dias 13 e 16 de junho, apresentando récordes nos registros de frequência. Foram 19.400 compradores, e cerca de 30.000 visitantes vindos da Alemanha, Japão, Países Baixos, Estados Unidos, Korea e Rússia. Um número equivalente ao da edição anterior, de 2016, quando a Pitti rompeu um recorde de público de nada mais nada menos do que 10 anos.



Os desfiles masculinos que transcorreram durante o evento foram claramente dominados por direções ligadas à moda atlética e ao streetwear. Em acréscimo à forte presença dos blazers confeccionados em materiais e fibras térmicas e tecnológicas; somado à regra do look que anda de sneaker: a atitude moda de rua, a silhueta confortável, e os agasalhos amplos de capuz dominaram a cena.



Os anos 80 e 90 foram décadas em evidência, exploradas em diversas coleções. Tommy Hilfiger trouxe o look preepy atualizado pelo volume oversized. Já Paul Smith trouxe o denim azul mais claro em suas lavagens, explorando fits e peças mais casuais. Lee Cooper mesclou a alfaiataria ao estilo utilitário e a Wrangler deu continuidade à colaboração com <Peter Max, iniciada na temporada anterior.



As coleções destacaram também os tons de verde em peças esportivas – um forte diálogo para o denim masculino da próxima estação. E novos sortimentos de nylon com peso leve mostraram ser grandes demandas para jaquetas multicoloridas em estampas variadas.



De acordo com a feira, ainda, as camisas de manga curta vão receber especial atenção: com estampas de frutas descontraindo o jeito arrumadinho original. Também aos estilos de pólo maquinetados, consistiram em grandes apostas, bem como as inspirações ligadas ao surf e à praia, as quais de acordo com a Pitti, vão predominar como fortes temas direcionais na próxima estação. Confira o vídeo das apresentações que transcorreram durante o evento.


VIVIAN DAVID | FOTOS: DIVULGAÇÃO