Salão Bossa Nova se consolida como gerador de negócios

A segunda edição do Salão Bossa Nova Moda & Negócios, resultado da união dos eventos Fashion Business e Rio-à-Porter, que aconteceu nos últimos dias 06 a 9 de Novembro, paralelamente ao Fashion Rio, contou com 170 marcas de todo o Brasil e um publico total de 20 mil pessoas. Segundo a assessoria de imprensa do evento todas as metas foram batidas e algumas marcas registraram aumento de 100% em relação à edição passada.

O evento, que já anunciou as datas para a 3ª edição, se consolida como importante gerador de negócios para os empresários participantes e também confirma a aceitação do novo calendário por parte da indústria de moda nacional. O Salão também ressaltou a importância do Sebrae e da Firjan, que juntos trouxeram ao evento em torno de 75 marcas do Rio de Janeiro e de outros cinco estados brasileiros: Minas Gerais, Ceará, Mato Grosso, Goiás, Santa Catarina, Distrito Federal, Espírito Santo, e Paraná.

O número de estandes que apresentaram moda festa aumentou em relação à última edição, um grande número de marcas de bijuterias e semi-jóias também chamaram a atenção. Visitamos algumas marcas e conferimos o que elas trouxeram para apresentar para o Inverno 2014:

Oh, Boy!

A carioca Oh, Boy!, do grupo Sacada, presente também no Fashion Rio, trouxe para o estande jeans com efeito délavé, o efeito frayed que não se restringiu à barra da calça e subiu para o cós, estampas nos tons do índigo e aposta no mix de material. A Oh Boy aposta no clima carioca e nada sóbrio com estampas e cores. A padronagem de leopardo, muito presente nas coleções da marca, também deu o ar da graça para o Inverno 2014.

Eva

A Eva, marca feminina do grupo da Reserva, apresentou sua 5ª coleção com um forte investimento no jeanswear. Calças e shorts estampados em tons de azul, aplique de pedrarias e muitos shorts em denim marcaram a coleção de inverno. As franjas e as taxas permanecem nas jaquetas e a cintura alta mantém o apelo comercial também para o público carioca.

Spezzato

A marca paulista Spezzato tem o jeanswear como importante parcela de suas vendas. Com as temáticas Glam Grunge, Minimal Chic, Lady Punk e Sentimental, a coleção aposta nos jeans detonados e manchados, apliques de pedraria e mix de tecidos. Outro destaque vai para o jeans com construção de moletom, aposta da marca que une estilo e conforto. As cores neutras, tons de bege, branco, off White, preto, marinho e militar, ganham luz com vermelho pimenta e Bordeaux. A padronagem de onça ganha cores, assim como o xadrez tartan, clássico do punk dos anos 70, surge recolorido para a mulher urbana e atual. As clientes que gostam de ornamentos mais vigorosos, contam também com franjas, peles fakes, veludos e jacquards. A Spezzato trouxe também sua linha para meninas, a Spezzato Teen, com as mais diversas referências para as pequenas que não abrem mão de andar na moda.



NYDJ



A marca de Los Angeles que investe no jeans para um público mais maduro, veio ao Salão com a intenção de ampliar seu alcance no mercado brasileiro através das multimarcas. Até então, com vendas apenas na carioca Folic, a NYDJ já conquistou um público fiel devido ao jeans que diminui um número do manequim. Com uma técnica de costura especial juntamente com um tecido de qualidade, as calças prometem disfarçar a barriguinha saliente e levantar o bumbum. As peças são feitas nos EUA e tendo como maior cliente a multimarcas no segmento de luxo, Nordstorm, os empresários acreditam estar mais do que prontos para investir em outros mercados e encontraram no Salão Bossa Nova uma excelente oportunidade para isso.



Ton Âge



A marca de Porto Alegre faz um mix inteligente de peças elaboradas com o jeanswear. A estilista, Manoela Machado, afirma que as clientes Ton Âge gostam do tradicional jeans five pockets, porém com adornos de pedraria bem trabalhados. Uma coleção quase totalmente em tons neutros, ganha vida com plumas, bordados e mix de tecidos.

Desigual



Sempre conhecida por investir no marketing em seus stands, a espanhola Desigual, pela segunda vez presente no Salão, serviu ao público frutas refrescantes enquanto dois designers espanhóis customizavam camisetas para todos os convidados. Na semana passada a marca abriu sua primeira loja própria em território nacional, no Shopping Pátio Higienópolis em São Paulo, e afirmou ter atingido a meta de uma semana em apenas um dia. A coleção segue fiel à temática colorida da marca e os jeans ganham bordados à linha, efeitos frayed e também muitos shorts, mesmo para o inverno.



Lavi



A mineira Lavi há quatro anos no mercado, está pela primeira vez no Salão Bossa Nova e comemora boas vendas. Apesar de não ser o foco da marca, a mini-coleção de jeans tem uma venda significativa e é feita de forma bem pensada para atender os clientes da marca. O efeito frayed e lavagens clássicas foram o destaque da coleção. Nos shapes aposta na flare e skinny.



D’Metal



Há vinte oito anos no mercado, a marca de Fortaleza, pertencente ao Grupo DM Têxtil, mesmo grupo da Chica Fulô e Chiquinha, afirma que o jeans corresponde a mais ou menos 40% das vendas totais da marca. Além do investimento em marketing, a D’Metal investe também em escritórios internacionais de tendências para trazer uma coleção sempre antenada e que garante o sucesso da marca. Para o inverno, muito shorts em denim e calças destroyed adornadas com termocolantes. Inspirada na Amazônia, a cartela de cores é um misto de referências naturais: verde, amarelo, branco, tons de bege e azul, além de contar também com estampas exclusivas.



SMK



Do mesmo grupo da Planet Girls, a antiga Smack, há 2 anos mudou sua estratégica de marketing, reposicionou a marca e agora busca atingir um público moderno, cosmopolita e antenado com as tendências. O jeanswear, assim como na Planet Girls, é o carro chefe da marca, porém vem mais moderno e com mais apelo fashion, para meninas e mulheres com espírito jovem. Os shorts também ganham bastante espaço, mesmo no inverno paulista, e aparecem curtinhos com barras desfiadas e efeito detonado, alguns modelos contam também com aplicações e estampas.



MARINA COLERATO | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR