Santana Textiles apresenta novos produtos e parceria com Alexandre Herchcovitch

A Santana Textiles promoveu, na última terça-feira, a segunda edição online do Blue Day. O evento contou com a presença do estilista Alexandre Herchcovitch, que assinou quatro lançamentos para essa temporada, além da apresentação de novos produtos, desfiles e palestra de tendências.

Alexandre trouxe um desfile com 20 peças que marcaram sua carreira – e, que não foram necessariamente produzidas em denim, mas que foram especialmente reproduzidas com os artigos da Santana Textiles no ateliê da companhia. “É importante pensar no denim de uma forma diferente do que ele realmente é. Ele é democrático, permite mostrar seus valores e criações em várias possibilidades, o que o torna único. O denim é uma matéria-prima que inspira por si só”, destacou o estilista.

Entre as peças, destaque para modelagens largas ou ajustadas, sem lavagem, com cara de alfaitaria, workwear ou mix de tonalidades em vestidos, macacões, ternos, saias e maxi camisas.

Tendências

Manuela Bordasch criadora do Steal The Look, plataforma de moda e beleza líder em conteúdo comprável no Brasil, abordou o momento atual e o novo comportamento dos consumidores. Segundo pesquisas, os brasileiros ficam em terceiro lugar, no mundo, quando falamos em tempo gasto com a internet.

São mais de nove horas por dia. Além disso, 99% dos smartphones têm WhatAapp e 76% dos usuários utilizam o aplicativo como fonte primária de informação. Com isto, fica clara a importância ficar de olho nos negócios realizados através do aplicativo de mensagens.

Ainda segundo informações apresentadas por Manuela, 84% dos millenialls trocariam de marca por alguma causa e 93% compraria através de indicações. “Podemos afirmar que tivemos um crescimento de 10 anos em 10 semanas do e-commerce no Brasil. Por isso, é preciso estar atento a esses números. A pandemia não criou tendências, ela acelerou as tendências”, detalhou.

Consumidor 2020

Durante a apresentação, Manuela Bordasch ainda destacou alguns comportamentos e tendências do atual consumidor. São eles:

• Compras com menos emoção e mais razão, onde se procura saber o que está por trás daquela marca, quais são os seus valores, quem fez suas roupas. Os consumidores pensam antes de consumir;

• Entrega onipresente, que aborda a importância de estar em todos os canais de vendas possíveis;

• “Shoplocal” traz como foco a compra local, valorizando o comércio de bairro, sem deixar de lado as grandes marcas que também podem trabalhar características de cada região direcionando os melhores produtos para cada comunidade;

• Personificação dos negócios traz as pessoas por trás de suas marcas como influenciadores, empresários, CEOS. Os consumidores querem se relacionar com pessoas;

• A “era da reputação” aponta a relevância da comunicação com o cliente, com transparência e sinceridade;

• Simplicidade retrô aborda o “menos é mais”, onde busca-se comunicar com pessoas e não robôs;

• Varejo como mídia fala da importância das lojas que vão muito além do produto;

• “Fígitalização”, que traz o fim da fronteira entre o físico e o digital aprimorando cada vez mais a jornada de compra. Conveniência é a palavra-chave.

Jeanswear

A criadora do Steal the Look destacou algumas referências dentro do segmento jeanswear que prometem fazer sucesso nas próximas temporadas valorizando principalmente o conforto e a durabilidade das peças. São elas: a reta, bem versátil e atemporal, wide leg, com pernas amplas e cintura alta, e loose fit, com foco em modelagens mais amplas – seja na wide, cropped, mom e beneficiamentos destroyeds com muitos rasgos.

É importante ressaltar que a quarentena, o ficar em casa e o home office tem valorizado sim peças confortáveis e descomplicadas. Porém, também surge um desejo de se arrumar, de colocar uma peça com brilho, algum acessório diferenciado ou cores vivas. Para Manuela Bordasch, a compra online de um jeans ainda é um grande desafio pensando na modelagem e na variação de tamanhos de uma marca para outra.

Outra questão levantada pela profissional foi a sustentabilidade. “As pessoas estão mais preocupadas em adquirir um produto ecológico, biodegradável e de qualidade. Isso significa também que elas estão aderindo as compras mais conscientes, com peças atemporais e que possam soar mais familiar no armário, como os clássicos recortes retos que podem ser usados em qualquer ocasião, estação e nunca vão sair de moda. É aquela velha história do compre agora e use sempre”, comentou.

Além disso, a pluralidade é a palavra da vez com acesso cada vez mais à uma infinidade de itens que agradam qualquer estilo e tipo físico. “As roupas vão refletir nossas crenças e valores”, afirmou Manuela Bordasch.

Lançamentos

A coordenadora de marketing e produto, Airam Pagliosa, e Alexandre Herchcovitch apresentaram os lançamentos da empresa, sendo que quatro foram assinados pelo estilista. Os artigos vieram inspirados no conforto e na sensação de liberdade tão necessária atualmente.

O primeiro deles foi o Fresh, que surge em 89% algodão e 11% poliéster, com 6 oz, perfeito para peças fluída e leves. Já o Lyon é uma versão do Fresh, mas conta com elastano, leve ring no urdume, composto por 88% algodão, 11% poliéster e 1% elastano, na sarja 2×1 e 30% de power. Tem peso de 6 oz e largura de 1,50 metros.

O Charm é um blue intenso, construção 3×1, bem mais resistente, ideal para trabalhar bottons, com infinitas possibilidades em lavanderia. Ele surge em 80% algodão, 19% poliéster e 1% elastanp, 7 oz e 1,55 metros de largura. Enquanto o Krosno tem power de 34%, surge em algodão, poliéster e elastano, 9,5 oz e tingimento blue, ótimo custo-benefício.

Por fim, o Matrix Black é um black com tingimento preto no urdume, vem com peso de 9,5oz, 35% de power, em 98% algodão e 2% elastano.

Coleção assinada por Alexandre Herchcovitch

Entre os artigos utilizados pelo estilista está o Matrix Ultra Black, que traz o diferencial no tingimento preto no urdume e na trama, ideal para calças, macacões, jaquetas, vem em algodão e elastano, na construção 3×1, power de 47%, peso de 9,5 oz e 1,55 metros de largura. “Esse artigo traz como benefício a construção trama e urdume no black que não revela o fio branco, dependendo da lavagem”, indicou Alexandre.

Há o Unique, vem no algodão e elastano no blue cetim, power de 48%, 9,5 oz e 1,52 metros de largura. Aqui o diferencial é a construção cetim que confere uma superfície flat, brilho, além de conforto com elastano e excelente largura.

A lista segue com o Alumini, que surge com composição 100% algodão, sarja 3×1, com peso de 12 oz e largura excelente de 1,72 metros conferindo maior rendimento no corte. Esse artigo vem com tingimento blue intenso, o diferencial está na inserção de trama mais grossa, ideal para peças com detonados.

Já o Aloi vem com 80% algodão e 20% poliéster, na sarja 3×1, peso de 7 oz e 1,65 metros de largura. Tecido rígido com uma proposta diferente, gramatura mais leve e resistente, perfeito para peças fluídas e confortáveis, mais amplas ou ajustadas.

Inovações

Antonio Manzarra, diretor comercial da Santana Textiles, também esteve presente no evento e  abordou as novidades e inovações da empresa, como a reabertura da fábrica de Rio Grande do Norte e a antecipação da abertura da fábrica em Bezerros, no estado de Pernambuco, para o final de janeiro, onde serão confeccionados os forros de bolsos. A têxtil ainda investiu em novas máquinas para a confecção dos artigos em algodão e elastano com foco em tecidos premium, aliando produtos com larguras excelentes, menor índice de encolhimento, conforto e visual sofisticado.

“Estamos investindo sempre em maquinários, estrutura, capacitação […] Passamos por um momento delicado, vamos nos cuidar, ser perseverante e nos prepararmos para todos os momentos, sem jamais perder o otimismo”, disse Manzarra.

A edição completa do Blue Day está disponível na íntegra no Youtube da Santana Textiles. Confira abaixo:

 

Fonte: Vanessa de Castro | Fotos: Reprodução