Segmento masculino se renova com camisas leves e shapes slim

Em sua palestra durante o evento Senac Moda Informação, o consultor de moda, Mauricio Lobo destaca as camisas em shapes mais justos e alongados e diferentes tecidos como algodão com elastano, tricoline, sarjas leves e chambray. Estampas exuberantes surgem juntamente com polos e bolsos utilitários, estampa de penas, retilínea com contraste, vista com zíper aparente.

Camisetas com gola careca e em V apresentam um mix de estampas e bordados em uma mesma peça. Os bolsos frontais são criativos e dão um charme a mais, assim como os aspectos artesanais conseguidos através de tinturaria, com base no flame e meia malha.

As bermudas surgem justas ou levemente soltas e folgadas como a boxers, acima do joelho ou meia coxa, shorts e bermudas com base no nylon ou microfibras. Outros tecidos são: sarjas, algodão, poliéster, gabardine, linho ou liocel, são usados tanto em bermudas, como em calças, que aparecem ajustadas ao corpo, com barras dobradas (opcional) e gancho ajustado ou levemente alongado. As calças de moletom cada vez mais ganham mercado, e, agora aparecem com recortes e zíper, tanto lisas como estampadas.

Em lavanderia surgem diferentes tons, efeitos de nuvens, esfumaçados, e fundos resinados em contraste, além de puídos, rasgos, fusionados e cerzidos. A “five pockets” vem renovada com pequenos recortes e cores de linhas. Já os rebites e botões ganham banhos envelhecidos.

Michelly Barros | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR