Segunda noite de desfiles é marcada por diversidade

A marca de urbanwear masculina All Pupose foi a responsável por abrir a segunda noita de desfiles. Na passarela, a banda de rock paranaense Radiophonics cantava para dar o mood necessário à coleção, inspirada nos pubs britânicos.


O destaque da marca fica por conta do jeanswear, que apostou em modelagens slims em tonalidade blue e black. Já nas lavagens, vários efeitos como degastes, pontos de luz e puídos. Outra aposta para o Inverno 2011 da grife é a saruel masculina.

Já a Lady Louca, segunda marca a se apresentar nesta noite de terça-feira (15.02), levou dramaticidade à sala de desfiles do PBC. A marca jovem feminina abusou dos looks com um quê de Lady Gaga, mas com uma pegada bem mais comercial. Merece atenção peças e detalhes feitos com couro rendado à laser.
A marca apresentou também pela primeira vez a sua linha masculina, que aposta em saruel de moletom, regatas bem decotadas, casacos e jaquetas.


Encerrando a noite, a Joyful se inspirou na metamorfose da borboleta para criar sua linha, enfatizando também a questão da sustentabilidade. A transformação da lagarta no inseto de asas de estrema beleza foi literal e gradativa, conforme as modelos íam aparecendo na passarela.


As melhores peças apresentadas pela grife foram os os primeiros desfilados, com materiais orgânicos, e os tricots. Na plateia, a Joyful contou com a presença de Chiara Gadaleta, consultora de moda especialista em moda sustentável e apresentadora.

MARCELA LEONE | FOTOS: DIVULGAÇÃO – RICARDO PACAK