Semana Brasil busca movimentar comércio no país

A segunda edição da Semana Brasil acontece de 3 a 13 de setembro, com a expectativa de movimentar a economia e promover oportunidades para empresas e consumidores. A ação aquecerá o comércio em setembro, em que, tradicionalmente, o consumo em vários segmentos tende a ser menor do que em outros meses.

A maioria das varejistas associadas à Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex), que representa mais de 100 grandes marcas do varejo de moda brasileiro, observou um impacto positivo da primeira Semana Brasil, realizada em setembro de 2019. Segundo levantamento da Ebit/Nielsen, o aumento em transações online durante o evento no ano passado foi de 41%.

Segundo o diretor executivo da Abvtex, Edmundo Lima, nesta edição, o varejo participante da ação poderá trabalhar com antecedência e na divulgação de ofertas e descontos para conseguirem alavancar as vendas em um curto período. “Acreditamos que nos próximos anos a Semana Brasil poderá ter um potencial para criar uma nova tradição, uma vez que setembro nunca teve uma data comemorativa para o varejo.”

Para a Abvtex, a nova data no calendário do varejo nacional é um estímulo para levar os consumidores a buscar oportunidades. Como a data coincide com as entradas de coleção Primavera-Verão nas vitrines, a tendência é de que as coleções sejam lançadas com descontos.

“Vemos isso como uma forma de atrair o consumidor para conhecer a coleção nova“, aponta Lima. A iniciativa realizada em meio à pandemia da Covid-19 tem como objetivo promover a retomada do comércio e da economia, com segurança.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução