Sete em cada dez brasileiros pretendem comprar roupas para o Dia das Mães

Realizano no próximo domingo, o Dia das Mães promete aquecer o varejo. De acordo com pesquisa do IEMI – Inteligência de Mercado, realizada em abril, cerca de sete em cada dez brasileiros pretendem comprar roupas como um presente para a data.

O relatório mediu a aderência e a intenção de compra de produtos de vestuário para a data, contando com a participação de 1.200 entrevistados com mais de 18 anos de todas as regiões do país. Do total de participantes, 69% pensam em comprar roupas no Dia das Mães.

“As roupas sempre estão na lista de itens mais procurados, seguidas de perfumes, cosméticos, calçados e acessórios, como bolsas, bijuterias e joias”, explica o diretor executivo da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex), Edmundo Lima.

Vale destacar que roupas sempre foram consideradas a preferência de quem quer presentear no Dia das Mães, data importante para o varejo de moda, superada somente pelo Natal. Entre os entrevistados que pretendem comprar roupa no Dia das Mães, 18% pretende comprar camisas, 11% calças jeans e 6% roupas íntimas.

Ainda de acordo com o IEMI, 40% dos entrevistados pretendem gastar entre R$ 100,00 e R$ 200,00 no presente do Dia das Mães. Já a parcela de 39% pretende gastar menos que R$ 100,00 e somente 9% pretendem gastar mais do que R$ 300,00. O gasto médio será de R$ 148,87.

O e-commerce é preferido por 37% dos entrevistados para a compra do Dia das Mães. Em segundo lugar, lojas de shopping e, em terceiro, lojas de rua.

“O cenário é ainda bastante conservador, porém, com a reabertura do comércio em todas as capitais e a chegada de dias mais frios, as lojas estão preparadas para a data nas lojas físicas e on-line”, afirma Lima.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução