Skinnies reformuladas – Parte I

É inegável que o fit skinny ocupa o status de modelagem principal nas coleções femininas de jeans, independente do público ou mesmo da nacionalidade da marca. A renovação da peça, se faz uma exigência, cada vez mais acelerada para as coleções.


Para a temporada de inverno 2014, a peça apresenta variações singulares na construção, concentradas principalmente nas laterais e nas barras. Já o lifestyle que opta pelo apelo de sedutor da skinny, mostra-se mais receptivo à recortes e toques, e o apelo básico, por fim, concentra sua atualização na lavagem e no toque. Nesta matéria, focaremos os detalhes laterais e as construções mais trabalhadas do fit, ficando toques, lavagens e estampas reservados à continuação desta publicação na próxima semana.


Uma das estratégias de renovação da skinny mais observadas nos lookbooks, consta na grande sacada de “partir” a calça através da lógica blocked, dividindo a vista frontal e traseira em diferentos cores e/ou toques. O efeito é emagrecedor, e cria linhas verticais na lateral, extremamente oportunas para a silhueta feminina – e é com tal justificativa que o estilo destas peças definem seu apelo comercial.


Ainda sobre a lateral da skinny, tal localização recebe atenção principal nas coleções de inverno, e os detalhes verticais podem ser dados também por estampas reveladas, vivos coloridos, ou detalhes “lace-up” (amarrações), que devem atravessar a estação rumo ao verão 2014-15.


A barra é outro ponto alto para a renovação da skinnies, alvo de abotoamentos “cool”, degradês graciosos ou fechos destacados evidenciando os tornozelos. Por fim, temos a continuidade dos recortes vazados na lateral ou barra, na evolução da peça para o verão, um visual extremamente pertinente para o estilo mulherão brasileiro.


ViVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO