Status chic para o couro e denim na Vogue Paris

Alcançar um visual trendy digno de estampar um belo editorial de moda, uma proposta inacessível para muitos até bem pouco tempo atrás e que nunca foi tão descomplicada e democrática quanto na atualidade. A publicação de setembro da Vogue Paris evidencia esse novo status que vem sendo atribuído ao jeans, especialmente por revistas influentes, como a já mencionada Vogue. Longe de propôr peças elaboradas ou looks renovadores, a principal informação que eleva o apelo “fashion” das composições é a atitude que está associada ao visual índigo tradicional e sua linguagem original. O estilo mais elitizado se formula pelas peças complementares, enquanto a aparência do jeans que ganhou as ruas, se mostra cada vez mais adequada e pertinente ao gosto do público mais elitizado da moda.



O couro acompanha tal consistência do denim como proposta e aparece como o segundo material mais relevante do editorial. Além da clássica jaqueta perfecto, a publicação coloca em evidência uma das grandes “sacadas” comerciais do segmento na temporada: a camisa de couro, incluída como uma peça desejo nas coleções das marcas de jeanswear. Também a calça estilo pijama com cintura elevada, uma fusão do clochard com o fit confortável, representam uma aposta sofisticada no material, bastante recorrente nas coleções.



Cinturas elevadas e saint-tropez, rasgadinhos, camisas em denim com fisionomia trivial para o segmento, make-up e brincões de madame. O repertório em blue denim é o mais corriqueiro possível, com democráticas e consagradas opções de cintura e fits, variando desde a boyfriend sequinha até a skinny e intercalando croppeds com barras viradas e shorts corajosamente curtos. Já os complementos, estes sim mostram a evolução da temporada, através de blusas volumosas e curtinhas, ombros destacados com jeitão de alta moda e franjas intensificando a importância da parte superior do look.

ViVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO