Tachas e visual perfecto na coleção de Philipp Plein

Couro, metalizados, e uma forte ênfase no visual da jaqueta perfecto. Foram com estes elementos, que Philipp Plein apresentou sua coleção durante o Milan Fashion Week, que encerrou suas apresentações hoje. O apelo usável do mix e das construções da coleção, classificaram as propostas de Philipp como uma conveniente referência para o segmento jeanswear, e é com ela que encerramos a cobertura dos desfiles de Milão, antes de partir para a temporada de Paris.


Com uma paleta de preto, branco, e metalizados nas cores chumbo, pink a azul bebê, o grande foco da coleção foram os toques diferenciados, e os tecidos pesados. O couro desta vez não veio pontuado por calças extremamente apegadas à silhueta, em vez disso os fits ajustados foram propostos com barras encurtadas, colocando a folga no comprimento como uma produção de moda renovada. Shortinhos e jaquetas bomber constaram entre as peças chave, coadjuvantes da fisionomia perfecto, influência principal, que se desdobrou em coletes, e ganhou aplicações de tachas “estreladas” criando texturas extremamente decorativas.


Para as saias, o corte evasé foi o eleito para alinhar o repertório feminino às demais coleções. O jeans com visual de renda, proposto através de estampa na maioria das marcas, pela interpretação de Philipp Plein foi confeccionado no próprio material. Pele à mostra, textura croco no couro, e muitos conjuntos de shortinhos + tops trouxeram à tona opções funcionais alinhadas ao estilo da temporada, e uma excelente amostra de visual e materiais para o segmento jeanswear, em geral.


VIVIAN DAVID / FOTOS: REPRODUÇÃO