Um review sobre as tendências e o novo patamar de influência da feira

Uma feira consistente, que oferece de fato, um panorama do mercado de moda Europeu – tal qual o próprio sentido do seu nome propõe. Assim se sucedeu a mais recente edição da feira Panorama, que agrupou em um espaço de cerca de 50.000 m2, mais de 800 expositores; distribuídos em nove halls. O evento somou em sua curadoria de marcas, uma síntese do fashion business de diversas demandas do closet global: do denim ao vestido, do sapato à camiseta, do underwear ao plus size. A consistência da Panorama, e sua amplitude, segundo depoimentos dos próprios expositores; vem substituindo a conveniência, a assertividade e a aproximação de contatos antes promovida pela extinta Bread&Butter.



Marcas direcionais como Mavi, Wrangler, e Mustang estiveram presentes, representando as direções do segmento jeanswear em patamar global. Porém uma das novidades mais importantes da edição de Inverno 2018 da feira, foi o espaço Nova Concept: dedicado à marcas com mix forte em denim e mood contemporâneo. A icônica Lee; mesmo participando simultaneamente da feira Seek, reservou seu mix mais completo e numeroso para a nova área. Além dela, figuraram grifes como Guess, Fornarina, Wrangler, Solid, Tinha, Marciano, In My Hood e The Fresh Brand.



Para a temporada de frio, o sortimento da feira destacou tendências como looks monocromáticos em cartela black, efeito splatter, um numeroso mix grafite nas araras (tanto para o a parte superior quanto inferior da produção), e o jeans mais trabalhado em bordados e aplicações. Nossa equipe cobriu o evento com um material exclusivo, que estará disponível em forma de análise para os assinantes do Guia de Tendências.

VIVIAN DAVID | FOTOS: EQUIPE GUIA JEANSWEAR