Varejistas de moda sinalizam desempenho positivo em dezembro

O último mês de 2021, impulsionado pelas festas de final de ano, trouxe um saldo positivo para os varejistas. Segundo enquete promovida mensalmente pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil (Abvtex), que representa mais de 100 grandes marcas do varejo de moda nacional, 9 em cada 10 das redes respondentes reportaram resultados de vendas melhores em dezembro em relação ao mesmo período de 2020.

Entre elas, 93% avaliaram que as vendas das lojas físicas tiveram melhor desempenho e apenas para 7% o resultado foi igual ou pior no comparativo entre dez/21 e dez/20. Já a performance do e-commerce, neste mesmo período, foi considerada melhor por 62% das varejistas. Sendo que 38% consideraram o resultado igual ou pior no comparativo.

“Tivemos um final de ano com bons resultados, mas neste primeiro semestre teremos desafios provocados pela corrosão da renda do consumidor devido ao aumento da inflação, a volatilidade do dólar e a manutenção do nível de desemprego em patamares elevados”, disse Edmundo Lima, diretor executivo da Abvtex. “O consumidor está com o orçamento restrito e será impactado por impostos e outros gastos de início de ano, como aqueles da volta às aulas, pagamento de IPVA, IPTU e demais”, completou.

Em relação ao âmbito setorial persiste a falta de alguns insumos e pressão por aumento de preços que impactam o desempenho. “Por todos estes motivos, neste início de ano, as varejistas fazem seus planejamentos com mais cautela”, concluiu Edmundo.

Fonte: Redação | Foto: Reprodução